14:17 22 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Matteo Renzi, atual primeiro-ministro da Itália, deverá deixar o cargo no próximo dia 19

    Presidente italiano aceita renúncia de Renzi

    © AP Photo / Andreas SOLARO/AFP
    Europa
    URL curta
    1 0 0

    Matteo Renzi deixa oficialmente o cargo de primeiro-ministro da Itália, segundo anunciou nesta quarta-feira o próprio premier, após o presidente do país, Sergio Mattarella, aceitar o seu pedido de renúncia.

    No último domingo, os italianos decidiram através de um referendo rejeitar a proposta de reforma constitucional defendida por Renzi, resultado que foi visto no meio político como um voto contra a liderança do premier, que decidiu anunciar o seu afastamento. 

    Mattarella, por sua vez, temendo pela estabilidade da Itália, pediu ao primeiro-ministro para esperar mais um pouco para deixar o cargo, pelo menos até a definição do orçamento para 2017, aprovado hoje pelo parlamento. 

    "Lei orçamentária aprovada. Demissão formal às 19. Obrigado a todos e viva a Itália", escreveu Renzi em seu Twitter. 

    Mais:

    Financial Times: Itália pode arruinar União Europeia mais do que Brexit
    Matteo Renzi renuncia na Itália: 'Meu governo termina hoje'
    Oposição pede renúncia imediata de Matteo Renzi na Itália
    Referendo na Itália gera incerteza sobre futuro da União Europeia
    Tags:
    referendo, reforma constitucional, renúncia, Sergio Mattarella, Matteo Renzi, Roma, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik