05:18 25 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    1130
    Nos siga no

    O primeiro-ministro sérvio Aleksandar Vucic disse, durante um encontro com os embaixadores de 60 países, que a Sérvia vai ignorar todas as provocações, acrescentando que as ações de vários países vizinhos ameaçam a paz na região.

    Aleksandr Chepurin, o embaixador da Rússia na Sérvia, comentou à Sputnik Sérvia este conceito de contenção. Segundo ele, os Bálcãs estão realmente enfrentando desafios graves na área de manutenção da paz e estabilidade na região.

    "A situação é semelhante aos acontecimentos dos últimos anos em outras partes do mundo – na África do Norte, no Oriente Médio e na Ucrânia, onde foi empreendida a estratégia do 'caos controlado'. As consequências foram catastróficas. É muito perigoso para os Bálcãs também", disse o embaixador.

    Chepurin destacou que é preocupante o uso de métodos que dificilmente poderão ser considerados como civilizados.

    "Esses métodos incluem namoricar com o nacionalismo extremista, tentativas de reabilitar criminosos militares e nazistas, que ativamente apoiaram Hitler e cometeram crimes graves", acrescentou o diplomata, acrescentando que a vitória sobre o nazismo criou a Europa de hoje e sua prosperidade.

    OTAN
    © AP Photo / Virginia Mayo
    O embaixador espera a reação correspondente das organizações e estruturas multinacionais, que sempre defenderam os princípios fundamentais e os valores dos direitos humanos.

    "Agora é um momento ótimo para provar que isto não são apenas palavras vazias, é preciso dar passos concretos para prevenir a escalação da retórica nacionalista que causa uma pressão perigosa na região", disse.

    Mais:

    Reunião independente com países dos Bálcãs cria mal-estar entre Áustria e Alemanha
    Governo de Montenegro acusa Rússia de apoiar protestos da oposição nos Bálcãs
    Presidente da Sérvia rejeita sanções contra Rússia
    Tags:
    caos controlado, nacionalismo, crise, política, Aleksandar Vucic, Bálcãs, África do Norte, Oriente Médio, Sérvia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar