16:46 22 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Criança jogando futebol perto do Royal Festival Hall, em Londres, antes da cerimônia de entrega do prêmio The Best FIFA.

    FIFA poderá encerrar jogos com incidentes racistas e preconceitusos

    © AFP 2019 / Adrian Dennis
    Esportes
    URL curta
    121
    Nos siga no

    A FIFA quer que as equipes percam automaticamente as perdidas se seus torcedores forem considerados culpados de racismo e outros comportamentos discriminatórios, anunciou o órgão regulador do futebol mundial nesta quinta-feira (11).

    "A menos que haja circunstâncias excepcionais, se uma partida for abandonada pelo árbitro por causa de conduta racista e/ou discriminatória, será atribuída a derrota à equipa infratora", afirmou a FIFA em seu novo Código Disciplinar.

    A medida pode ser aplicada depois do árbitro aplicar o "procedimento de três etapas" para tais incidentes: solicitar um anúncio público para pedir o fim do comportamento preconceituoso, suspender a partida até que o incidente pare e, por fim, abandonar a partida. 

    O Código Disciplinar atualizado expande o escopo do que é considerado comportamento discriminatório para qualquer coisa relacionada a "raça, cor da pele, origem étnica, nacional ou social, gênero, deficiência, orientação sexual, idioma, religião, opinião política, riqueza, nascimento ou qualquer outro status ou qualquer outro motivo ".

    O Código Disciplinar aplica-se apenas às competições oficiais da FIFA, incluindo as eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

    No começo do ano, Montenegro foi punido pela UEFA e disputou um jogo em casa a portas fechadas, como punição por cantos racistas de torcedores durante uma partida das eliminatórias da Eurocopa de 2020 contra a Inglaterra.

    Mais:

    Putin concorda em reunião multilateral com líder da Ucrânia, mas ironiza nomes propostos
    'Mais alguns bilhões aos EUA'? Partido búlgaro critica compra de caças F-16
    Vários mortos e feridos em ataque com carro-bomba na Líbia
    Gibraltar prende capitão de petroleiro iraniano
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar