16:50 29 Março 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    2100
    Nos siga no

    A Reserva Federal dos EUA (Fed) tem tentado deter o pânico dos investidores com suas ações emergenciais, mas aparentemente em vão, segundo especialista.

    Na opinião do analista Tobin Smith, presidente-executivo da Transformity Research, essas medidas são como disparar "uma pistola d'água" quando se precisa de "uma bazuca".

    Para o especialista, o verdadeiro problema está no mercado de dívida dos EUA, já que esse saldo é quatro vezes maior do que em 2008-2009.

    "Isto é como um desastre financeiro, como um desastre de saúde, como um desastre econômico – é como se tivéssemos três bombas de nêutrons lançadas em nós", advertiu Smith ao canal russo RT.

    "Primeiro temos obviamente o coronavírus e a pandemia, depois temos a pandemia de petróleo […] e depois a terceira bomba é o governo sentado de bobeira, tomando metade de medidas, enquanto temos basicamente um ataque econômico virtual."

    Explosão nuclear (imagem de arquivo)
    © Depositphotos / Curraheeshutter
    Explosão nuclear (imagem de arquivo)

    Smith comenta que esses fatores têm efeitos de ondulação iguais em todo o sistema financeiro e já mergulharam o país em uma recessão.

    Washington precisa agora entregar outra "bomba de nêutrons que compensa a bomba de nêutrons que explodiu em nosso sistema", conclui o analista.

    Mais:

    Medidas de emergência de Trump poderiam levar à queda do mercado global e petróleo?
    Estrategista financeiro: 'Isto é o início da maior crise financeira da história dos EUA'
    Especialista do Washington Post revela epicentro de possível crise financeira mundial
    Tags:
    pandemia, Sistema de Reserva Federal dos Estados Unidos, dívida pública, crise econômica, crise financeira
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar