11:19 13 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Plantação de cana-de-açúcar no município de Borá, região centro-oeste do Estado de São Paulo.

    Brasil aumenta importação de etanol do Paraguai: 'condição conjuntural', diz representante do setor

    © Folhapress / Alf Ribeiro
    Economia
    URL curta
    281
    Nos siga no

    O Paraguai está aumentando suas vendas de etanol ao Brasil, mas isso está longe de significar que os produtores nacionais não conseguem abastecer o mercado nacional, avalia especialista ouvido pela Sputnik Brasil.

    Os vizinhos paraguaios são o segundo maior fornecedor de etanol ao Brasil, informa reportagem do Broadcast Agro. Os Estados Unidos ainda respondem por cerca de 70% das importações, mas a fatia do Paraguai está na crescente. 

    O economista-chefe da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), Luciano Rodrigues, afirma que o Brasil produziu 33 bilhões de litros de etanol na última safra e as compras do Paraguai estão próximas de 100 milhões de litros. É um "volume relativamente pequeno", avalia.

    "É uma condição conjuntural em que temos uma sobra de produção do Paraguai e, pelo acordo do Mercosul, esse produto pode entrar no Brasil sem pagar tarifa de importação e também sem fazer uso da cota de importação estabelecida pelo governo brasileiro. Então esse produto tem fluxo livre", diz Rodrigues à Sputnik Brasil. 

    Ainda de acordo com o economista-chefe da Unica, as flutuações do mercado fazem com que "em alguns momentos é mais barato trazer de fora e em outros momentos é mais atrativo exportar".

    Mais:

    Trump diz que EUA vão retirar restrição ao etanol
    Política de Estado, expansão do etanol no Brasil pode alcançar Índia e China
    Zerar tarifa de importação de etanol dos EUA prejudica produtor brasileiro, diz especialista
    Bolsonaro abre Brasil ao etanol dos EUA em troca de emprego para o filho, diz deputado
    Tags:
    etanol, Paraguai, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar