05:12 13 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Notas yuan e dólares dos EUA são vistos em uma mesa em Yichang, província de Hubei, na China central em 14 de agosto de 2015

    Rússia impulsiona comércio em rublos e yuans com China para substituir dólar

    © AFP 2018 / STR
    Economia
    URL curta
    6190

    Na quarta-feira (11), o diretor-geral do Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF, na sigla em inglês), Kirill Dmitriev, relatou no âmbito do Fórum Econômico do Oriente, realizado na cidade russa de Vladivostok, que Moscou e Pequim estão aumentando as participações comerciais em moeda local.

    "Os primeiros acordos serão [feitos em moeda nacional] no começo do próximo ano. Temos um contrato com o Banco de Desenvolvimento da China para um grande fundo em yuans chineses no valor de US$ 10 bilhões [R$ 41 bilhões]", informou Dmitriev.

    As participações comerciais usando o dólar norte-americano nas transações estão sendo reduzidas por ambos os países. A Rússia e a China esperam realizar trocas financeiras no valor de US$ 100 bilhões (R$ 415 bilhões) somente neste ano, com perspectivas de alcançar US$ 200 bilhões (R$ 830 bilhões) a médio prazo.

    "Recentemente, lançamos um fundo regional em yuans em parceria com a província de Heilongjiang. Que já começou a examinar os projetos e esperamos o primeiro investimento em breve", adicionou o diretor-geral.

    A China, a maior parceira de transações da Rússia, foi responsável por 15% do comércio externo russo no ano passado. As negociações bilaterais aumentaram em 31,5% em 2017, alcançando o valor de US$ 87 bilhões (R$ 361 bilhões).

    De acordo com o Banco Central da Rússia, as empresas chinesas e russas estão dispostas a pagar em rublos e renminbi (moeda oficial chinesa). No ano passado, 9% dos pagamentos por suprimentos provenientes da Rússia para a China foram feitos em rublos.

    Pequim é a maior compradora de petróleo do mundo, sendo Moscou sua primeira fornecedora. Outros países disseram que estão prontos para começarem a usar o yuan nos pagamentos envolvendo transações petrolíferas, ao invés de utilizar o tradicional dólar americano.

    Mais:

    'Mentalidade colonial': líderes mundiais questionam predominância do dólar
    Iraque e Irã dão mais um passo para pôr fim ao domínio do dólar
    Argentinos convocam panelaço contra Macri após colapso do dólar
    Analista revela razão mais intrigante da queda do dólar
    Tags:
    dólar, moedas, transações comerciais, rublo, yuan, comércio, Fórum Econômico do Oriente, Fundo de Investimento Direto Russo, China, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik