18:37 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    11600
    Nos siga no

    Entre os acordos assinados estão a compra de mísseis Tsirkon, de drones Sirius e de canhões autopropulsados Koalitsia-SV. O fechamento destes contratos é um marco importante nos programas russos de rearmamento.

    Durante o fórum Exército 2021, o Ministério da Defesa da Rússia assinou mais de 40 contratos de entrega de 1.300 novas armas e equipamentos, no valor de mais de 500 bilhões de rublos (R$ 36 bilhões), informou o vice-ministro de Defesa, Aleksei Krivoruchko.

    "Hoje foram entregues quatro contratos e assinados 41 contratos com 27 fabricantes do complexo militar-industrial, no valor de mais de 500 bilhões de rublos", disse Krivoruchko.

    O fechamento destes contratos é uma etapa importante nos programas estatais de armamento, segundo o vice-ministro russo. Entre os documentos, o Ministério da Defesa assinou o primeiro contrato com a empresa NPO Mashinostroyeniya para entrega de mísseis hipersônicos Tsirkon. Este míssil de cruzeiro é projetado para atingir alvos marítimos e terrestres.

    Além disso, foi acordada a entrega de drones de combate Inokhodets-RU, também conhecido como Sirius, e de munições guiadas e não guiados para este veículo aéreo. O drone é desenvolvido pela empresa russa Kronshtadt e seu protótipo foi apresentado pela primeira vez no ano passado.

    O Ministério da Defesa da Rússia fechou ainda um acordo de venda para as Forças Armadas do sistema de artilharia autopropulsada Koalitsia-SV. É o primeiro contrato de produção em série dos Koalitsia-SV, dado que antes haviam sido entregues ao Exército apenas protótipos desta arma.

    "Foi assinado o contrato estatal para fornecer canhões autopropulsados 2S35 de 152 milímetros do sistema de artilharia intermodal Koalitsia-SV", informou o Ministério da Defesa da Rússia.

    O sistema russo de artilharia autopropulsada Koalitsia-SV, é projetado para eliminar postos de comando, centros de comunicação, baterias de artilharia, veículos blindados, sistemas de defesa aérea e de mísseis na distância de até 70 quilômetros.

    Mais:

    Pentágono está preparado para revelar e demonstrar arma espacial secreta, diz mídia
    Bombeiros combatem fogo após queda de balão no Parque Estadual do Juquery, na Grande SP
    Kalashnikov revela versão de teste de espingarda 'inteligente' com computador integrado
    Irã apresenta nova versão do sistema de defesa antiaérea Bavar-373
    Tags:
    Rússia, defesa, contrato, arma, armamento, míssil, canhão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar