20:08 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    11114
    Nos siga no

    A empresa gigante da indústria de defesa dos EUA Lockheed Martin e a Rafael Advanced Defense Systems (RADS) de Israel vão desenvolver em conjunto um sistema de armas a laser de baseamento terrestre para as forças militares israelenses.

    O novo sistema irá suplementar as várias camadas de defesa antiaérea do Estado judeu, que incluem a famosa Cúpula de Ferro, informa o The EurAsian Times.

    O acordo para tamanho projeto foi assinado na terça-feira (27), e as duas companhias vão "também explorar oportunidades de comercializar este sistema nos EUA", declarou a Lockheed Martin, citada na matéria.

    A tecnologia de laser em missões militares oferece uma série de vantagens, tais como precisão, escalabilidade, prevenção de danos colaterais causados por fragmentação de munições, entre outras.

    De acordo com a Rafael e a Lockheed Martin, os sistemas de armas a laser oferecem capacidades de precisão para combater múltiplas ameaças, incluindo foguetes e drones.

    Sistema de armas a laser de baseamento terrestre para as forças militares israelenses, conforme planejado pela Lockheed Martin dos EUA e a Rafael Advanced Defense Systems (RADS) de Israel
    Sistema de armas a laser de baseamento terrestre para as forças militares israelenses, conforme planejado pela Lockheed Martin dos EUA e a Rafael Advanced Defense Systems (RADS) de Israel
    Recentemente, o Ministério da Defesa de Israel tem trabalhado para desenvolver um sistema robusto de tecnologia a laser para seus militares, tendo feito progressos consideráveis.

    Segundo The EurAsian Times, Israel é um dos primeiros países a conseguir integrar a tecnologia em sua aviação e ter feito interceptação de alvos em vários cenários operacionais.

    Atualmente, a nação judaica é protegida por um sistema de defesa antiaérea de várias camadas, incluindo as baterias de mísseis Arrow-2, Arrow-3, Estilingue de Davi e Cúpula de Ferro.

    O laser terra-ar projetado, que deverá ser capaz de derrubar foguetes e outros projéteis disparados contra Israel, deve ser criado até 2024.

    Mais:

    Autoridades de Israel advertem EUA que Irã está a um passo de obter armas nucleares, diz mídia
    Zona da embaixada dos EUA em Bagdá é atingida por foguetes, diz mídia
    General iraniano elogia luta do Hezbollah contra Israel e acusa EUA de espalhar pobreza
    Tags:
    Israel, EUA, Defesa, armas laser, Cúpula de Ferro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar