13:32 04 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1223
    Nos siga no

    Durante os próximos cinco dias, a China estará conduzindo exercícios militares no mar Amarelo ao largo da sua costa leste, de acordo com um aviso divulgado pela autoridade de segurança marítima e pelo Exército Popular de Libertação (EPL).

    Desde esta sexta-feira (9) até a próxima terça-feira (13) está interdita a navegação em uma vasta área do mar Amarelo, que se estende desde o sudeste da cidade de Rongcheng, na província de Shandong, até as águas em frente de Lianyungang, na província de Jiangsu, informa o South China Morning Post.

    Embora o aviso não especifique que forças ou embarcações estarão envolvidas nas manobras, o jornal sugere que se trata de lanchas de mísseis guiados, uma vez que o comunicado foi emitido conjuntamente pela Unidade 91208 do EPL, que opera uma frota de embarcações deste tipo no Comando Norte.

    Navios da Marinha chinesa participam de manobras no mar Amarelo
    © East News / Liu Zheng/Color China Photo/AP Images
    Navios da Marinha chinesa participam de manobras no mar Amarelo
    Estas pequenas e rápidas embarcações de guerra estão equipadas com mísseis antinavio subsônicos e podem ser usadas para atacar alvos marítimos em grupo.

    Embora a principal missão das lanchas seja a proteção costeira, o Exército da China começou a usá-las em alto mar, ao sul da costa chinesa, onde as tensões regionais têm aumentado nos últimos meses.

    Em abril, duas lanchas de mísseis da classe Houbei Type 022 estiveram alegadamente envolvidas em uma ocorrência perto de Second Thomas Shoal – um banco de areia controlado pelas Filipinas que faz parte das disputadas ilhas Spratly no mar do Sul da China.

    Mais:

    China condena 'confiança' de Taiwan nos EUA para conseguir independência
    Japão e Filipinas realizam manobras aéreas conjuntas pela 1ª vez em meio a tensões com China
    Filipinas protestam contra 'presença ilegal' de embarcações da China perto de ilha disputada
    Tags:
    Exército da China, exercícios navais, Mar do Sul da China, tensão militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar