06:07 22 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 320
    Nos siga no

    A Frota do Mar Negro da Marinha russa iniciou o rastreamento das ações do navio da Marinha da Espanha que entrou no mar Negro, segundo comunicado do Centro Nacional de Gerenciamento da Defesa da Rússia.

    "As forças e meios da Frota do Mar Negro começaram o monitoramento das ações do navio-patrulha Rayo, que entrou nas águas do mar Negro em 7 de julho de 2021 para participar do exercício militar multinacional da OTAN e países parceiros Sea Breeze-2021", lê-se no comunicado.

    Rússia aciona caças Su-30 para impedir violação da fronteira no mar Negro

    Além da chegada de navio espanhol, dois caças Su-30 foram acionados para evitar a violação da fronteira russa no mar Negro pelo avião de reconhecimento e patrulhamento antissubmarino P-8 Poseidon, avança ainda o Ministério da Defesa da Rússia.

    "Na noite de 6 de julho, meios russos de controle do espaço aéreo detectaram sobre as águas neutras do mar Negro um alvo aéreo se aproximando da fronteira nacional da Rússia", ressalta comunicado.

    Detalha-se que, a fim de identificar o alvo aéreo e evitar violações da fronteira da Rússia, foram acionados dois aviões Su-30 de plantão da aviação marítima e defesa antiaérea da Frota do Mar Negro.

    Caça-bombardeiro Su-30 realiza voo de demonstração (imagem ilustrativa)
    © Sputnik / Aleksandr Vilf
    Caça-bombardeiro Su-30 realiza voo de demonstração (imagem ilustrativa)

    As tripulações dos caças russos identificaram a aeronave como sendo um Boeing P-8 Poseidon e o escoltaram sobre as águas do mar Negro.

    A aeronave estrangeira não violou a fronteira da Federação da Rússia, segundo a entidade.

    O voo dos caças russos foi conduzido em estrita conformidade com as regras internacionais de utilização do espaço aéreo.

    Mais:

    Navios russos abrem fogo no mar Negro em meio aos exercícios da OTAN (VÍDEO)
    Barco pesqueiro ucraniano que emitiu sinal de socorro no mar Negro recusa ajuda da Rússia
    'Nós não vamos fazê-lo, mas podemos atacar', diz MRE russo a respeito de provocações no mar Negro
    Tags:
    Frota do Mar Negro, Rússia, Boeing P-8A Poseidon, fronteiras russas, Espanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar