13:47 16 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    21423
    Nos siga no

    Os planos da Força Aérea dos EUA é ter uma arma operacional até o ano que vem. O programa é uma prioridade na Força Aérea, já que a arma hipersônica baseada em impulso-planagem é de fácil desenvolvimento e produção.

    Uma arma hipersônica dos EUA falhou no lançamento devido a um problema ocorrido durante o primeiro teste de voo do veículo impulsionador na segunda-feira (5), afirmou nesta terça-feira (6) a Força Aérea norte-americana.

    "O [bombardeiro] B-52H Stratofortress decolou na segunda-feira [5] sobre a cordilheira de Point Mugu [EUA] com a intenção de disparar o primeiro veículo propulsor de teste para o programa de Arma de Resposta Rápida AGM-183A lançada pelo ar ([programa] ARRW). Em vez disso, o míssil de teste não foi capaz de completar seu lançamento e foi retido com segurança na aeronave que voltou para a base áerea", disse a Força Aérea em um comunicado, citado pela emissora CNN.

    "Embora o não lançamento tenha sido decepcionante, o teste recente forneceu informações valiosas para aprender e continuar em frente. É por isso que testamos", afirmou o general Heath A. Collins, oficial executivo do programa ARRW.

    Os planos da Força Aérea norte-americana é ter uma arma operacional até 2022. O programa é uma das prioridades da Força Aérea, já que a arma hipersônica baseada em impulso-planagem é de fácil desenvolvimento e produção.

    A Rússia e a China estão desenvolvendo programas de armas hipersônicas e, recentemente, um caça russo de quinta geração realizou testes com protótipos funcionais de um novo míssil hipersônico.

    Mais:

    Rússia testa protótipo de novo míssil hipersônico em caça Su-57
    Rússia testará em 2023 novo míssil hipersônico guiado Gremlin 'impossível de derrubar'
    China está planejando criar 'enxames' de armas hipersônicas, sugere Forbes
    Especialista militar revela estratégia de defesa da Rússia contra míssil hipersônico dos EUA
    Tags:
    Força Aérea dos EUA, EUA, EUA, míssil hipersônico, mísseis, míssil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar