07:07 19 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1105
    Nos siga no

    Taiwan modernizou 42 caças Lockheed Martin F-16A/B para os padrões do F-16V, segundo um oficial da Força Aérea taiwanesa.

    Ao todo, 141 caças vão ser modernizados, e a entrega formal das 44 aeronaves que será realizada pela presidente taiwanesa Tsai Ing-wen até final de março, reporta o site FlightGlobal.

    As atualizações dos caças estão sendo conduzidas pela corporação AIDC, em parceria com a norte-americana Lockheed Martin. Deste modo, Taipé espera completar a atualização de seu estoque aéreo até 2023, um ano mais tarde do planejado.

    Entram nas modernizações os computadores e as fuselagens das aeronaves, os instrumentos das cabines de pilotagem e o sistema de guerra eletrônica. Os caças também deverão receber um radar AESA, muito parecido com o APG-83 da Northrop Grumman, informa a mídia.

    As atualizações estão avaliadas em US$ 3,7 bilhões (R$ 20,7 bilhões). Adicionalmente, Taiwan também teria encomendado 66 novos caças F-16V. Os últimos seriam parte de um acordo com os EUA através do processo de Vendas Militares Estrangeiras, e são esperados para um período entre 2023 e 2026.

    Empenho e necessidade de Taipé em modernizar suas aeronaves militares advêm, maioritariamente, dos voos de reconhecimento constantes por parte de Pequim, uma vez que o último vê a nação insular como parte do território chinês, escreve a mídia.

    Mais:

    Piloto da Força Aérea norte-americana explica como 'fracasso' do caça F-35 pode ser útil aos EUA
    Administração Biden autoriza exportação de tecnologia-chave de submarino para Taiwan
    Japão acelera desenvolvimento de caça furtivo de última geração
    Tags:
    Taiwan, China, caças, Segurança, Defesa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar