07:47 15 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 423
    Nos siga no

    As entregas estáveis do novo tanque russo T-14 Armata às Forças Armadas da Rússia começarão em 2022 após entrega do primeiro lote piloto no fim deste ano.

    O mais recente tanque T-14 Armata começará a ser fornecido de forma estável às tropas até 2022, anunciou o desenvolvedor principal do veículo, Andrei Terlikov, chefe do Gabinete de Design de Engenharia de Transportes dos Urais (UKBTM, na sigla em russo), que integra o consórcio Uralvagonzavod.

    "Os testes estatais estão em curso, esperamos sua conclusão no próximo ano ou dois. Estamos planejando entregar um lote piloto de veículos ao abrigo de um dos contratos até o final de 2021. A partir de 2022, começaremos as entregas em série estáveis", disse Terlikov.

    A munição para o Armata, desenvolvida pela corporação estatal russa Rosatom, estará pronta até a entrega do lote piloto no fim de 2021, segundo o desenvolvedor.

    "O desenvolvimento das munições está decorrendo ao mesmo tempo. Praticamente sincronizamos, coordenamos os testes de Estado [com a produção das munições]. Como resultado, o lote piloto de tanques será entregue às tropas junto com esta munição", declarou Terlikov.

    O construtor destacou que atualmente o consórcio Uralvagonzavod está discutindo com o Ministério da Defesa russo questões como a realização de testes de campo do tanque T-14, a preparação da infraestrutura militar para uso desses veículos e a instrução de operadores dos novos tanques.

    Além disso, foi discutida a redução de preço do Armata. Terlikov sublinhou que o preço real de qualquer tipo de equipamento militar pode ser determinado apenas no terceiro ano de sua produção em série. Nesse momento, a tecnologia de produção da variante final está sendo aperfeiçoada.

    O tanque está sendo apresentado pela primeira vez no estrangeiro na exposição e conferência internacional de defesa IDEX-2021 em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos, que começa hoje, 21 de fevereiro.

    O T-14 é o único tanque do mundo de terceira geração do pós-guerra. O tanque Armata foi concebido para combater em contato direto com o inimigo, para apoiar a ofensiva das unidades motorizadas de infantaria, e para destruir forças inimigas em abrigos e campo aberto.

    Mais:

    Militar russo: 4 novos submarinos nucleares Yasen-M aumentarão potencial da frota da Rússia
    Tanque chinês surge em FOTO como sendo 'alvo principal' do novo sistema antitanque dos EUA
    Rússia mostra-se disposta a vender caças Su-57E a parceiros estratégicos
    EUA estão elaborando robô submarino furtivo que 'nunca' ficará sem energia (FOTO)
    China implanta avançados tanques para operações em altitudes extremas, diz mídia
    Turquia contrata empresa de lobby dos EUA para reintegrar programa dos caças F-35
    Tags:
    veículo, munição, Rússia, Defesa, tanque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar