22:11 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2491
    Nos siga no

    O primeiro caça multipropósito de quinta geração Su-57 produzido em série entrou em serviço operacional e foi transferido ao efetivo da Força Aeroespacial da Rússia.

    "Este tipo de aeronaves entrará em breve nas Forças Armadas. E eu acredito que o pessoal de voo não terá quaisquer problemas com a reconversão para este tipo de aviões", disse Aleksei Nabirukhin, piloto de testes sênior e comandante adjunto da esquadrilha aérea, ao canal russo Zvezda.

    "[Su-57] possui [velocidade] supersônica de cruzeiro [capacidade de um avião atingir velocidade supersônica sem utilização de pós-combustão], baixa visibilidade, supermanobrabilidade, um sistema muito inteligente de gestão de informação e um radar potente", ressaltou.

    De acordo com o Ministério da Indústria e Comércio da Rússia, a Força Aeroespacial russa vai contar com 22 caças Su-57 até o final de 2024 e de 76 dessas aeronaves até 2028.

    Previamente chamado de PAK FA, o Su-57 é um jato destinado a executar missões de ataque e de caça, podendo destruir todos os tipos de alvos aéreos, terrestres e navais de superfície.

    Seu motor foi desenvolvido exclusivamente para ele, tendo tempo de vida útil variando entre 30 e 50 anos.

    Mais:

    Nem se compara ao caça russo: analista conta quem ganharia duelo aéreo entre Su-57 e F-35
    Mais poderosa do que nunca? Armamentos que Rússia usará nos próximos anos
    Drone russo Okhotnik dispara bombas contra alvos terrestres
    Tags:
    tecnologia militar, avião de ataque, Forças Aeroespaciais Russas, Su-57, caças de quinta geração
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar