02:25 09 Março 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3415
    Nos siga no

    Secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, declarou em sua primeira conversa com a ministra da Defesa alemã, Annegret Kramp-Karrenbauer, que a Alemanha é "altamente valorizada" como localização para soldados americanos.

    No ano passado, o ex-presidente dos EUA, Donald Trump, ordenou a redução do contingente militar norte-americano implantado na Alemanha em mais de 25%, e o Pentágono tem estudado como isso poderia ser feito.

    Autoridades alemãs esperam que a ordem seja revogada pela administração Biden, e o Ministério da Defesa alemão informou que o chefe do Pentágono "enfatizou que a Alemanha é altamente valorizada como localização e que os soldados americanos se sentem muito confortáveis" na Alemanha.
    Soldados durante exercícios da OTAN
    © AP Photo / Alik Keplicz
    Soldados durante exercícios da OTAN

    "EUA continuam considerando a sua presença na Alemanha como uma parte importante da segurança comum", afirmou Ministério da Defesa alemão.

    Cerca de 34.500 soldados dos EUA estão presentes na Alemanha em instalações militares importantes, como a Base Aérea de Ramstein e o quartel-general do Comando Europeu e Comando da África dos EUA, avança agência AP.

    Anteriormente, o presidente da Polônia, Andrzej Duda, ratificou Acordo de Cooperação de Defesa Aumentado que incrementa o número de tropas norte-americanas na Polônia para 5.500 soldados, além de mover o quartel-general do V Corpo do Exército dos EUA da Alemanha para seu país.

    Mais:

    Berlim busca novo critério para avaliar comprometimento com OTAN
    Tropas dos EUA e Europa vão realizar manobras com munições reais na França (FOTOS)
    Presidente da Polônia ratifica aumento de tropas dos Estados Unidos no país
    Tags:
    Annegret Kramp-Karrenbauer, OTAN, Polônia, Alemanha, Pentágono, Lloyd J. Austin
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar