03:41 28 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 393
    Nos siga no

    No domingo (20), o porta-aviões chinês Shandong navegou através do estreito de Taiwan em direção ao mar do Sul da China, onde deve conduzir exercícios militares.

    Desde seu lançamento, o porta-aviões chinês tem cumprido com sucesso suas missões, que incluem pousos e decolagens de caças, disparo de fogo real e calibração do sistema de combate, segundo o coronel naval Liu Wensheng, da Marinha do Exército de Libertação Popular (ELP), citado pelo jornal Global Times.

    De acordo com Liu, a manobra do grupo de porta-aviões é algo normal e segue a programação anual, ressaltando que a Marinha chinesa seguirá com suas missões de treinamento na região.

    Navios de guerra da Marinha Chinesa
    © AP Photo / Guang Niu, Pool
    Navios de guerra da Marinha Chinesa

    Especialistas militares acreditam que as manobras possam ser vistas como um alerta aos separatistas, que conspiram para desestabilizar a região, principalmente depois de os EUA aprovarem a venda de armas para Taiwan, bem como enviarem um destróier ao estreito de Taiwan.

    O atual governo dos EUA tem mantido laços estreitos com Taiwan. No início de novembro, o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, anunciou negociações econômicas entre Washington e Taipé que decorreram no dia 20 do mesmo mês.

    China considera Taiwan a questão mais sensível e importante em suas relações com os Estados Unidos e ficou irritada com as intenções dos EUA de apoiar Taiwan com a venda de armamento.

    Mais:

    Imagem de satélite revela Marinha chinesa no Paquistão (FOTO, VÍDEO)
    EUA fortalecem Corpo de Fuzileiros para conter Marinha chinesa
    Marinha da Índia rastreia embarcação chinesa próximo às ilhas Andaman
    Tags:
    Estreito de Taiwan, Mar do Sul da China, Marinha, porta-aviões, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar