09:48 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3732
    Nos siga no

    O míssil balístico intercontinental tem um alcance de 18.000 quilômetros e ogivas múltiplas de guiamento individual. Sua entrega foi adiada para 2022 depois de ter sido inicialmente planejada para 2021.

    O míssil balístico intercontinental Sarmat será colocado em serviço operacional da Força Estratégica de Mísseis da Rússia em 2022, disse o comandante da força, coronel-general Sergei Karakaev.

    "Hoje as empresas industriais continuam se preparando para os testes de voo do sistema de mísseis Sarmat [...] [Sua] entrada em serviço de combate é planejada para 2022", relatou o militar ao jornal Krasnaya Zvezda na quarta-feira (16), véspera do Dia da Força Estratégica de Mísseis.

    O míssil Sarmat tem um alcance de 18.000 quilômetros, peso de lançamento de 208,1 toneladas, carga útil de mais de dez toneladas. O míssil tem comprimento de 35,5 metros, diâmetro de três metros e ogivas múltiplas de guiamento individual.

    Teste do míssil balístico intercontinental Sarmat
    © Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia
    Teste do míssil balístico intercontinental Sarmat

    Esse míssil substituirá o míssil estratégico mais pesado do mundo, o Voevoda, sendo capaz de atingir alvos passando tanto pelo Polo Norte quanto pelo Polo Sul e superando os sistemas de defesa antimíssil.

    O Ministério da Defesa da Rússia tinha anunciado em fevereiro de 2020 que a entrega em série dos mísseis balísticos intercontinentais Sarmat começaria em 2021.

    Mais:

    Novo míssil de cruzeiro russo pode voar por tempo ilimitado, diz inteligência militar britânica
    Mísseis russos são mais aterrorizantes 'que uma bomba nuclear', diz mídia chinesa
    Forças Armadas russas vão receber sistema de defesa antiaérea S-500 neste ano
    Tags:
    Rússia, Ministério da Defesa, Sarmat, Voevoda, Krasnaya Zvezda, Força Estratégica de Mísseis, Sergei Karakayev
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar