00:28 16 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    22222
    Nos siga no

    Na terça-feira (15), a presidente Tsai Ing-wen, elogiou a capacidade de produção de armamento do país ao lançar avançado navio de guerra, e afirmou que Taiwan visa se tornar fornecedor de armas para as democracias ocidentais.

    As novas corvetas da classe Tuo Chiang, cujo protótipo já está em operação, foram chamadas pela Marinha de Taiwan como "matadoras de porta-aviões", devido ao seu complemento de mísseis antinavio, de acordo com a agência Reuters. Os navios também podem carregar mísseis antinavio Sky Sword.

    Discursando na cidade portuária de Su-ao, ao leste do país, durante o lançamento do navio Ta Chiang, o primeiro navio produzido em massa da classe Tuo Chiang, Tsai disse que a nova embarcação e a nova camada de minério da mesma impediriam ataques, e apresentariam as capacidades de pesquisa e desenvolvimento de Taiwan.

    "Nós temos determinação e capacidade para completar a tarefa de construção dos nossos próprios navios, permitindo que o mundo possa ver a nossa energia de desenvolvimento e pesquisa de defesa", declarou a presidente.

    Tsai fez da defesa do país uma prioridade, diante do desafio militar crescente em meio as tensões com Pequim, que nunca renunciou o uso da força contra a ilha.

    "No futuro, também podemos nos tornar uma fonte de fornecimento de equipamentos e componentes relacionados para as democracias ocidentais, modernizando a indústria de defesa", comentou a presidente.

    Tsai focou em armas móveis de alta tecnologia projetadas para tornar qualquer ataque da China tão difícil quanto possível, e reforçou a indústria doméstica de armamento para que o país se encontre autossuficiente no seu desenvolvimento bélico.

    Mais:

    Pressão militar dos EUA sobre Pequim pode impulsionar modernização da Marinha da China, diz jornal
    China aumenta capacidade de ataque nuclear ante rivalidade crescente com EUA, aponta relatório
    Japão planeja desenvolver caça para 'prevenir emergências' no estreito de Taiwan
    Avião espião dos EUA é visto no espaço aéreo chinês em meio a tensões entre Washington e Pequim
    Tags:
    armas, navio, corveta, Defesa, Taiwan, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar