07:31 25 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3540
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (1º), militares russos colocaram em serviço sistemas de mísseis terra-ar S-300 nas Ilhas Curilas, o que foi avaliado como um passo lógico por analista militar russo.

    O comandante do Distrito Militar do Leste, coronel-general Gennady Zhidko, avaliando o preparo dos sistemas S-300, elogiou a sincronia do trabalho das equipes "durante o treinamento realizado das ações a efetuar depois de sinalizada uma violação da fronteira aérea da Federação da Rússia nas Curilas".

    O diretor para desenvolvimento do Fundo de Assistência a Tecnologias do Século XXI, Ivan Konovalov, comentou o desdobramento do sistema de defesa antiaérea na região em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.

    "A instalação do sistema na cordilheira das Curilas é um passo absolutamente lógico, porque isso é ditado pela situação internacional, a qual não é a mais tranquila nesta parte do mundo", afirmou ele. "Vou relembrar que recentemente um destróier norte-americano invadiu as águas territoriais da Rússia, o golfo de Pedro, o Grande. Além disso, os americanos fizeram isso de propósito. Mas, claro, o posicionamento dos sistemas não está diretamente relacionado a isso", disse.

    O especialista apontou que "o sistema tem uma especialização bastante ampla. Este pode atuar tanto contra alvos balísticos, ou seja, mísseis, inclusive intercontinentais, como destruir aviões, helicópteros, drones e mísseis de cruzeiro [...] Ele possui grandes capacidades de interceptação de qualquer alvo, inclusive hipersônico".

    "Especialistas ocidentais, aliás, dão uma alta avaliação a este sistema e têm preocupações relativas ao mesmo. Este sistema está em demanda por compradores estrangeiros, sendo muito popular entre eles", constatou o analista.

    O sistema S-300 é um sistema de defesa antiaérea moderno e de grande mobilidade. Ele destina-se para proteção de instalações importantes contra ataques de sistemas balísticos e aerodinâmicos.

    Mais:

    Coreia do Sul anuncia produção massiva de mísseis táticos avançados e tanques K2
    EUA estão desenvolvendo armas para combater mísseis hipersônicos no espaço próximo, segundo mídia
    Submarino nuclear russo Kazan lança mísseis Oniks e Kalibr no mar Branco
    Tags:
    Rússia, Ilhas Curilas, S-300, mísseis
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar