10:55 19 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    8427
    Nos siga no

    O portal polonês Defence24 nomeia os caças marroquinos F-16 Fighting Falcon de fabricação americana como o "inimigo" mais provável dos caças russos de 5ª geração Su-57, citando mídias africanas.

    Recentemente, a Argélia assinou com a Rússia um contrato de compra de 14 caças furtivos Su-57 pelo preço de US$ 2 bilhões (R$ 10,76 bilhões), tornando-se o primeiro comprador estrangeiro destes caças. Por sua parte, Washington decidiu vender a Marrocos 25 unidades de F-16 Fighting Falcon, com Marrocos planejando modernizar 23 caças desta classe já disponíveis, relembrou a mídia.

    Caça F-16 Fighting Falcon com um padrão de pintura fantasma passa por manutenção na base aérea de Hill, Utah, EUA 28 de maio de 2020
    © Foto / R. Nial Bradshaw / Força Aérea dos EUA
    Caça F-16 Fighting Falcon com um padrão de pintura "fantasma" passa por manutenção na base aérea de Hill, Utah, EUA 28 de maio de 2020

    O autor do artigo escreve que a política dos EUA, que prevê a renovação da frota de F-16 marroquinos, "deve empurrar a Argélia para os braços da Rússia".

    A mídia relembrou que hoje em dia a Argélia "é o comprador mais fiel de sistemas de armamento russos, com exceção, talvez, de algumas repúblicas da antiga União Soviética".

    "No início de 2020, a base da aviação de combate deste país norte-africano consistia de 58 aviões multifuncionais Su-30 (com mais 16 encomendados), 32 MiG-29 (mais 14), 13 MiG-25 e 22 Su-24", detalhou Defence24, notando que neste momento o país dispõe de 16 aviões de treinamento e ataque Yak-130, 12 unidades de helicópteros Mi-28 (mais 30 encomendados), 33 Mi-24 e 14 helicópteros pesados de transporte Mi-26 (mais dois).

    Mais:

    Caças turcos F-16 serão usados em caso de agressão estrangeira contra Azerbaijão, diz Aliev
    Caças F-16 interceptam aeronave por violação de espaço aéreo em comício de Trump
    Força Aérea de Taiwan suspende todos os voos de F-16 após sumiço de caça
    Tags:
    Marrocos, Rússia, Argélia, F-16, Su-57
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar