02:12 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6590
    Nos siga no

    A aeronave de última geração realizou com êxito o primeiro voo na cidade de Komsomolsk-no-Amur, no leste da Rússia, diz mídia.

    Segundo o portal Argumenty.ru, o voo de teste estava planejado para o final de outubro.

    Atualmente, na Fábrica Aeronáutica Yuri Gagarin, localizada em Komsomolsk-no-Amur, estão sendo produzidos 76 caças de última geração Su-57, segundo o contrato estatal de fornecimento.

    A atual modificação do Su-57 é considerada a "segunda primeira de série", pois em dezembro de 2019 os voos de teste do moderno caça de quinta geração haviam sido interrompidos.

    Anteriormente foi revelado que as 76 novas aeronaves poderiam integrar três esquadrilhas em três regimentos da Força Aeroespacial da Rússia. Os primeiros caças podem ser entregues entre o fim de 2020 e o começo do próximo ano.

    Caça russo de 5ª geração Su-57
    © Sputnik / Maksim Blinov
    Caça russo de 5ª geração Su-57

    O Su-57 de quinta geração possui eletrônica avançada, permitindo ao caça a destruição de alvos a uma distância de centenas de quilômetros e alta precisão nos ataques. Além disso, a aeronave tem equipamentos bem protegidos, como radares para rastrear e detectar alvos, e as últimas novidades em bombas e mísseis inteligentes.

    Mais:

    Novo sistema eletrônico avançado fornecerá capacidade de defesa ímpar ao caça Su-57, diz portal
    Caça F-35 dos EUA é apontado como 'único que poderia romper' defesa antiaérea da Rússia
    Míssil russo R-37M e caça Su-57 'conversível' são flagrados em ação (VÍDEO)
    Tags:
    Força Aérea da Rússia, aeronave, Su-57, Rússia, voo de teste, caça
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar