09:43 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    177
    Nos siga no

    Caças da Força Aérea e navios da Marinha dos EUA realizaram em 2 de agosto exercícios conjuntos no mar Negro perto das fronteiras russas.

    Trata-se do segundo treinamento norte-americano conduzido no mar Negro em apenas duas semanas para otimização da colaboração em eventual conflito, escreve portal Air Force Magazine.

    Quatro caças F-16 da 31ª Ala de Caças da Base Aérea de Aviano, Itália, reabastecidos por aviões-tanque KC-135 da 100ª Ala de Reabastecimento Aéreo da Base da Força Aérea Real britânica Mildenhall, Reino Unido, voaram com um drone MQ-9 Reaper.

    As aeronaves realizaram manobras conjuntas com destróier de mísseis guiados USS Porter e avião de reconhecimento P-8 Poseidon da Marinha dos EUA.

    ​Veja estes quatro caças F-16 da 31ª Ala de Caças da Base Aérea de Aviano, Itália, sobrevoando USS Porter durante treinamento conjunto no mar Negro em 2 de agosto de 2020.

    O comandante do USS Porter Craig Trent afirmou em comunicado que os participantes trabalharam na digitalização do campo de batalha, direcionando as forças em torno da área para aperfeiçoar táticas conjuntas de combate.

    "Este treinamento nos permitiu continuar desenvolvendo a nossa capacidade combinada para responder rápida e eficazmente a quaisquer ameaças no complexo ambiente marítimo", comentou Trent.

    Anteriormente, a Frota do Mar Negro da Rússia conduziu exercícios de eliminação de navios de adversário hipotético com uso dos sistemas de mísseis Kalibr-NK.

    Mais:

    Forças Aérea e Espacial dos EUA reveem estratégica para o Ártico
    Rússia rastreia ações de destróier dos EUA no mar Negro
    Força Aérea da Romênia aciona caças para acompanhar 2 bombardeiros russos sobre mar Negro
    Tags:
    Mar Negro, fronteiras russas, Força Aérea dos EUA, Marinha dos EUA, USS Porter, exercícios navais, exercícios conjuntos, F-16
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar