07:13 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    61012
    Nos siga no

    O diário chinês Guangming Ribao publica um artigo sobre o submarino russo de quinta geração do projeto 545 Khaski, considerando-o um dos mais poderosos.

    O submarino terá um deslocamento de aproximadamente 11,34 mil toneladas, com capacidade de alcançar velocidade de 35 nós, profundidade máxima de submersão de 600 metros e autonomia de 90 dias.

    O casco do aparelho terá um revestimento absorvente de som de várias camadas, feito de materiais compósitos. Graças a esta particularidade, os Khaski serão ainda mais silenciosos do que os submarinos do projeto 855 Yasen, possuindo uma assinatura acústica duas vezes menor.

    Além disso, o Khaski terá um sistema de controle unificado integrado com inteligência artificial.

    Submarino nuclear de 5ª geração do projeto Khaski
    © Sputnik /
    Submarino nuclear de 5ª geração do projeto Khaski
    Os submersíveis desta classe são conhecidos como "buracos negros" por serem extremamente silenciosos e difíceis de detectar. Alguns deles equipam a Frota do Mar Negro, sendo uma das armas mais poderosas deste agrupamento naval.

    O submarino da 5ª geração deverá estar em serviço por 52 anos. Relativamente ao armamento, a aparelho poderá lançar mísseis de cruzeiro Kalibr, mísseis antinavio Oniks, mísseis Igla e mísseis hipersônicos Tsirkon, entre outros armamentos.

    "Se pode dizer que [o submarino] Khaski esta armado até aos dentes", avança a edição chinesa.

    Está previsto que a Marinha da Rússia receba o primeiro submarino do projeto 545 Khaski em 2027. O navio foi desenvolvido pelo escritório de projetos Malakhit.

    Mais:

    Rússia estaria prestes a realizar 1º teste do drone submarino Poseidon
    Novo submarino nuclear dos EUA seria motivo de preocupação para a Rússia?
    Knyaz Vladimir: a nova 'pérola' submarina da frota é entregue à Marinha russa (FOTOS)
    Tags:
    5ª geração, Khaski, Projeto 885 Yasen, submarinos russos, Tsirkon, míssil hipersônico, míssil de cruzeiro, submarino nuclear
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar