17:35 25 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    5431
    Nos siga no

    Sentinelas do Exército russo começaram a receber pulseiras inteligentes que comunicam automaticamente mudanças de estado no soldado para o comando, independentemente do que tiver acontecido.

    O Exército russo começou a equipar seus sentinelas com pulseiras inteligentes, confirmou o diretor-geral da fornecedora Argus-Spektr à Sputnik.

    O diretor-geral da empresa, Sergei Levchuk, respondeu afirmativamente à questão se as pulseiras eletrônicas já estão disponíveis nas unidades militares, e descreveu as reações iniciais dos militares como positivas.

    Opeka-3, uma combinação de pulseira médica e aparelho de telecomunicação (imagem referencial)
    © Foto / opeka-telemed.ru
    Opeka-3, uma combinação de pulseira médica e aparelho de telecomunicação (imagem referencial)

    "Se um sentinela desmaiar, a pulseira envia um sinal para o centro de comando e para as pulseiras de outros guardas. Também pode funcionar como um pager, permitindo que a informação seja exibida em uma tela. Há também uma bússola eletrônica para orientação sem referências visuais, ou nas regiões polares", acrescentou Levchuk.

    O diretor-geral da Argus-Spektr observou que o canal de comunicação com o ponto de comando está bem protegido graças a uma "criptografia dinâmica".

    Mais:

    Defesa antiaérea da Rússia receberá 10 novos modelos de armas
    Derruba drones e mísseis de cruzeiro: novo sistema antiaéreo portátil entra no arsenal russo (FOTOS)
    Tanque T-90M deve integrar em breve a linha de frente do Exército russo
    Tags:
    fornecedores, criptografia, Rússia, militares
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar