13:06 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    10347
    Nos siga no

    A revista norte-americana National Interest nomeou as cinco Marinhas de Guerra mais poderosas do mundo, incluindo a da China, da Rússia e do Japão.

    De acordo com o autor do artigo, a Marinha dos EUA tem mais navios do que qualquer outra frota no mundo, ficando, portanto, em primeiro lugar na lista.

    "Nenhuma outra marinha tem uma cobertura tão global como a Marinha dos EUA, que opera regularmente nos oceanos Pacífico, Atlântico e Índico, bem como no mar Mediterrâneo e no golfo Pérsico", destaca a matéria.

    A Marinha dos EUA, segundo a edição, tem dez porta-aviões, nove navios de desembarque, 22 cruzadores, 62 destróieres, 17 fragatas e 72 submarinos.

    Em segundo lugar da lista está a Marinha chinesa, cujo desenvolvimento tem sido possibilitado pelo crescimento econômico do país, o que levou a um aumento de dez vezes no orçamento de defesa desde 1989, observa a revista.

    Atualmente, a China tem um porta-aviões, três embarcações anfíbias, 25 destróieres, 42 fragatas, oito submarinos nucleares e cerca de 50 convencionais.

    Potência marítima

    O terceiro colocado é a Marinha da Rússia. Como escreve a edição, apesar de a Rússia ser tradicionalmente uma potência terrestre, herdou a maior parte da frota soviética.

    Com novos navios sendo gradualmente colocados em operação e os antigos sendo modernizados, a Marinha russa conta com 79 embarcações de grande porte, incluindo um porta-aviões, cinco cruzadores, 13 destróieres e 52 submarinos.

    Navios da Frota do Mar Negro da Marinha russa (imagem de arquivo)
    © Sputnik / Sergei Malgavko
    Navios da Frota do Mar Negro da Marinha russa (imagem de arquivo)

    A Marinha Real do Reino Unido ocupa o quarto lugar na lista. Segundo a revista, a frota britânica vem enfrentando um declínio consistente nos últimos anos, processo que atinge as Forças Armadas do país em geral.

    Atualmente, a Marinha britânica tem três grandes navios de desembarque, 19 fragatas e destróieres, sete submarinos nucleares e quatro de mísseis balísticos.

    As Forças de Autodefesa do Japão entram no top cinco, com 114 navios, incluindo 46 destróieres. Considerada uma das melhores frotas de submarinos do mundo, a Marinha japonesa conta com 16 navios deste tipo, indica a revista norte-americana.

    Mais:

    Frota do Pacífico russa deve ser reforçada com novos submarinos 'invisíveis' em 2020
    Revista americana faz relação entre novos submarinos do Japão com celulares
    Revista americana: EUA perdem para Rússia em corrida armamentista no Ártico
    Tags:
    Marinha, Reino Unido, Rússia, EUA, destróieres, submarinos, frotas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar