10:10 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Base norte-americana de Ramstein, na Alemanha

    Merkel defende permanência de tropas americanas na Alemanha

    © AP Photo /
    Defesa
    URL curta
    7310
    Nos siga no

    A chanceler alemã, Angela Merkel, disse nesta quarta-feira, dias depois do embaixador dos Estados Unidos ter sugerido a possibilidade de transferir parte do contingente militar americano na Alemanha para a Polônia, que Berlim conta com presença de tropas dos EUA.

    Na semana passada, o embaixador dos Estados Unidos na Alemanha, Richard Grenell, disse à agência de notícias DPA que os Estados Unidos poderiam transferir suas tropas na Alemanha para a Polônia, já que Berlim não aumentou seus gastos com defesa em até 2% do PIB.

    "Eu acho que a Alemanha tem bons lugares para acomodar tropas, incluindo as americanas. Nós investimos muito nisso. Congratulamo-nos com a presença de tropas dos EUA...Há boas razões para manter [as tropas dos EUA] na Alemanha e, ao mesmo tempo, devemos nos esforçar para tornar a Bundeswehr [exército alemão] mais eficiente", disse Merkel.

    A chanceler acrescentou que o país já havia decidido aumentar os gastos com defesa em até 1,5% do PIB até 2024.

    "Essas obrigações [sobre gastos com a defesa] não foram assumidas por nós durante a presidência de [Donald] Trump, mas durante a presidência de [Barack] Obama, e elas precisam ser cumpridas", disse Merkel.

    A meta de orçamento de defesa sugerida para os membros da OTAN é de 2% do PIB de um país. No entanto, de acordo com estatísticas da OTAN, menos de um terço dos 29 estados-membros cumpriram a meta em 2018. Este ano, a Alemanha prometeu alocar 1,36% do seu PIB para a defesa.

    Cerca de 35 mil soldados e 17 mil cidadãos norte-americanos vivem e trabalham em bases militares na Alemanha.

    Mais:

    Merkel diz que Alemanha aumentará gastos militares, mas frustra OTAN e EUA
    Expansão militar? OTAN decide criar sedes na Alemanha e nos EUA
    Festival na Alemanha marca final do exercício de duas semanas da OTAN no Báltico
    Tags:
    bases militares, base militar, OTAN, EUA, Angela Merkel, Defesa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar