11:11 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Bombardeiro estratégico da Força Aérea dos EUA, B-1B Lancer, na base americana de Al-Udeid, no Qatar, preparando-se para participar do ataque à Síria, 14 de abril de 2018

    Mais de 90% dos bombardeiros americanos B-1B estão inoperacionais devido a alto desgaste

    © REUTERS / Força Aérea dos EUA
    Defesa
    URL curta
    1391
    Nos siga no

    País precisa ter pelos menos 80% de sua frota em condições de operar, diz ex-secretário de Defesa dos EUA. Além do desgaste, os cortes em manutenção podem deixar outras aeronaves inoperacionais.

    O B-1B Lancer é o único bombardeiro supersônico dos EUA a entrar em serviço na Força Aérea do país. Atualmente, Washington possui algumas dezenas do modelo. No entanto, poucas unidades estão em condições de operar, informou o site Military Watch.

    Em números, das 61 unidades em serviço, somente 6 estão em condições de operar. Enquanto isso, outros 15 aviões estão com carência de manutenção e os 40 restantes não podem operar por outras razões.

    A principal razão é o alto desgaste que as aeronaves sofreram, segundo o chefe do Comando Estratégico John Hyten.

    A situação é tão precária que os pilotos foram designados para outros modelos devido à falta de aeronaves B-1B para treino.

    Recentemente, foi revelado que os EUA reduzirão em US$200 milhões a manutenção dos F-35, tendo em vista a necessidade de buscar novos provedores de certas peças para o avião, uma vez que a Turquia saiu do seu programa de produção.

    Em 2018, o ex-secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, declarou que seu país precisa ter pelo menos 80% de seus aviões em condições de operar. No entanto, o estado dos B-1B e os cortes na manutenção dos F-35 poderão tornar tal tarefa impossível.

    Mais:

    EUA suspendem todos os voos de bombardeiros B-1B Lancer devido a mais uma falha técnica
    EUA testam míssil antinavio lançado do B-1B Bomber (FOTO)
    Bombardeiro Tu-160 russo vs B-1B Lancer estadunidense: qual é o melhor?
    Tags:
    F-35, B-1B, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar