13:04 16 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Avião russo do Ministério russo para Situações de Emergência Be-200 durante treinamentos

    Aeronaves russas Be-200 que combateram incêndios em Portugal serão fornecidas a EUA e Chile

    © Sputnik / Ministério russo para Situações de Emergência
    Defesa
    URL curta
    8162
    Nos siga no

    A Rússia vai fornecer aeronaves anfíbias Beriev Be-200 para a companhia estadunidense Seaplane Global Air Services nos anos 2020-2021, disse o diretor da empresa fabricante Ilushin.

    Durante o Show Aéreo de Paris que está decorrendo em Le Bourget, na França, o diretor da empresa Ilushin, Yuri Grudinin, explicou aos jornalistas os detalhes dos contratos de fornecimento destas aeronaves.

    "Acordamos e assinamos os documentos: [as entregas vão começar] 15 meses após o início do financiamento. Acho que o financiamento virá em setembro", disse.

    Em junho do ano passado a empresa norte-americana Seaplane Global Air Services e o fabricante de aviões anfíbios Beriev Aircraft Company aprovaram o projeto de contrato para o fornecimento de 10 aeronaves Beriev Be-200.

    As empresas Beriev e Ilyushin integram a Russian United Aircraft Corporation (UAC).

    Segundo Grudinin, a UAC também planeja entregar sete aviões Beriev Be-200 ao Chile em 2020.

    "Hoje, assinamos [um acordo] com o Chile [para entregar] mais dois aviões. Tínhamos um contrato para cinco aeronaves, e agora, a pedido deles, acrescentamos mais duas... Iremos entregá-las no próximo ano", sublinhou o diretor.

    Ele também adicionou que vários países do Sudeste Asiático podem ficar clientes da empresa Ilushin, e que a Índia poderá utilizar os Be-200 para transporte de passageiros.

    "As negociações com vários países do Sudeste Asiático sobre as aeronaves estão na fase final", disse ele.

    O Beriev Be-200 é uma aeronave anfíbia multipropósito destinada ao combate a incêndios, serviços de emergência médica, operações de busca e salvamento na água e transporte de carga e passageiros. Os Be-200 podem decolar e aterrissar em terra e na água.

    Em 2016 a Rússia enviou duas aeronaves Be-200 para combater os incêndios em Portugal. Dois Be-200 conseguiram apagar mais de 50 incêndios.

    Mais:

    Lançadores múltiplos de foguetes de produção soviética eliminam terroristas na Síria (VÍDEO)
    Indústria de defesa europeia corre risco de ser ultrapassada por EUA e China, diz especialista
    Novo caça russo MiG-35 pode ganhar licitação indiana, diz diretor da corporação
    Tags:
    Salão Internacional da Aeronáutica de Paris - Le Bourget, Be-200, aeronave, Chile, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar