10:43 18 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Caça russo Su-35

    Um dos maiores compradores de aeronaves russas, Argélia está de olho em MiG e Sukhoi

    © Sputnik / Artyom Zhitenev
    Defesa
    URL curta
    0 160

    Um dos maiores compradores de armamentos bélicos russos, a Argélia, está novamente negociando mais uma compra com a Rússia. Trata-se de 14 caças de quarta geração, MiG-29M/M2, que seriam avaliados em até US$ 800 milhões (R$ 3,3 bilhões), porém nada foi comentado pelas autoridades russas.

    Durante o fórum militar EXÉRCITO 2018, a delegação argelina manteve conversações com o vice-ministro da Defesa russo, Aleksandr Fomin.

    Mesmo não tendo sido confirmado pela Rússia, uma fonte do jornal Kommersant afirmou que "um contrato fixo será concretizado em breve".

    A Argélia já adquiriu diversos equipamentos bélicos e aeronaves russas, como caças Su-30MKA, helicópteros Mi-26T2 e ainda caças de treinamento e combate Yak-130, além de helicópteros Mi-28NE e caças bombardeiros Su-34 em sua versão para exportação — Su-32.

    Segundo especialista militar russo, Konstantin Makienko, a Argélia entende que a Rússia e a China são os países mais confiáveis para um assunto tão delicado como o armamento bélico e por isso irá substituir seus antigos caças pelos MiG-29M/M2 russos, além da possibilidade de um acordo para compra de caças Su-35.

    Há um terceiro contrato de exportação de Su-35, porém o comprador ainda não foi revelado, mas há a suspeita de que esse comprador seja a Argélia, pela boa relação com a Rússia, além do grande interesse pelos armamentos russos, que é o caso dos caças.

    Mais:

    Especialista desmente rumores sobre insatisfação da China com caças russos Su-35
    Quais são chances do Su-35 russo frente aos caças furtivos dos EUA?
    Tags:
    avião de ataque, aeronaves, material bélico, armamentos, MiG-29, Su-35, Argélia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik