11:52 25 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Tanque Leopard 2 durante demonstração na Alemanha (foto de arquivo)

    'Monstro' alemão renasce para conter Rússia

    © AP Photo / Michael Sohn
    Defesa
    URL curta
    11726

    Recentemente o jornal alemão Die Welt divulgou informações sobre o "renascimento" do tanque Leopard 2 com a última modificação А7V, que irá conter a Rússia.

    De acordo com o jornal, novos veículos de combate têm o mesmo nome do tanque alemão "monstro" A7V, que participou da 1ª Guerra Mundial e se tornou o primeiro tanque alemão de produção em série.

    "Os tanques mudaram a guerra para sempre. Eles permitiram a Hitler rapidamente conquistar [territórios] nos primeiros anos da 2ª Guerra Mundial. Os Tigers e Panthers [tanques de produção alemã] eram considerados os armamentos mais poderosos do Wehrmacht [nome do conjunto das forças armadas da Alemanha durante o Terceiro Reich entre 1935 e 1945]", escreve o jornal.

    Atualmente, considerando as tensas relações entre Berlim e Moscou, tanques ganham de novo sua popularidade.

    "A OTAN vigorosamente está se armando, e a defesa nacional dos países membros e a proteção da Aliança encontram-se no centro da sua política, como era na época da Guerra Fria. Hoje os tanques alemães estão posicionados nos países Bálticos para conter a Rússia", destaca.

    O retorno de tanques faz com que a União Europeia modernize estradas, pontes e ferrovias. "O objetivo dessas ações é criar possibilidades para a condução (deslocamento) mais rápida de tanques e tropas pela Europa devido ao aumento das tensões nas relações com a Rússia", ressalta.

    De acordo com dados do jornal, os tanques modernizados são completamente computorizados.

    Um Leopard 2 А7V pesa 60 toneladas e pode atingir a velocidade de até 70 km/h. É um "computador móvel", afirma o jornal. Seus aparelhos calculam a trajetória de voo de projéteis e o veículo pode operar em modo de visão noturna e imagem térmica.

    Anteriormente, outra revista alemã informou que mais da metade dos tanques Leopard 2 da Bundeswehr alemã não estava pronta para operação. Segundo a matéria, Bundeswehr possui 244 tanques deste tipo, mas apenas 95 deles estão em prontidão total de combate.

    Mais:

    Exército alemão vai investir milhões em armas e equipamentos, dizem jornais
    Crise militar: maioria dos caças Eurofighter Typhoon da Bundeswehr apresenta deficiências
    Inimigo fictício nas manobras da OTAN se parece muito com Rússia, diz mídia
    Rússia está 'confortável' em usar armas nucleares e OTAN deve agir, diz conselho dos EUA
    Tags:
    Leopard 2, contenção, tanque, modernização, Die Welt, Alemanha, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik