06:30 22 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    029
    Nos siga no

    A União Europeia planeja facilitar a deslocação dos militares e do equipamento bélico entre os países integrantes, lê-se no Plano de Ação para a Mobilidade Militar, preparado pela Comissão Europeia.

    Em 2017, a União Europeia avaliou a infraestrutura de transporte dos países do chamado Corredor ferroviário mar do Norte-Báltico (que inclui Lituânia, Letônia, Estônia, Bélgica, Alemanha, Holanda, Polônia e Finlândia). 

    Os especialistas concluíram após análise, que vários tipos de equipamentos militares não são capazes de ser transportados por ferrovias e pontes dos países mencionados devido ao tamanho e peso do material bélico.

    Em conexão a isso, até 2019 a União Europeia planeja verificar a utilidade de todas as pontes e vias férreas para descobrir se é possível o deslocamento do equipamento militar. Como resultado da análise, autoridades da aliança tomarão a decisão sobre necessidade de reconstruir a infraestrutura de algumas instalações, caso seja preciso.

    Anteriormente, as autoridades dos EUA afirmaram estarem prontas para proteger os países bálticos da Rússia.

    Mais:

    Esse 'pequeno' fator faz toda a diferença entre aviões russos e os da OTAN no Báltico
    Polônia anuncia apoio à entrada da Ucrânia na OTAN
    'Expulsão de diplomatas russos é recado para quem duvidava da unidade da OTAN', diz Mattis
    Tags:
    OTAN, União Europeia, transporte, análise, ferrovias, ponte, equipamento militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar