13:38 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Sinal vermelho em ferrovia

    Ferrovias soviéticas representam obstáculo para OTAN

    © Sputnik / Sergey Pyatakov
    Defesa
    URL curta
    4718

    As ferrovias da Letônia, Lituânia e Estônia representam um problema para o deslocamento das tropas da OTAN, essa é a conclusão do Instituto da Guerra Contemporânea pertencente à Academia Militar dos EUA de West Point. O canal RT teve acesso ao relatório do instituto.

    A padronização das ferrovias da Europa e dos países bálticos é diferente, não foram modificadas desde a época da União Soviética, dificultando, assim, o envio imediato de tropas em caso de conflito com a Rússia.

    "Essa incompatibilidade significa que os trens que transportam equipamentos militares e suprimentos de grandes bases da OTAN na Alemanha ou na Polônia terão que transportar suas cargas em trens adaptados aos trilhos russos ou enviá-las ao destino através do transporte rodoviário. Ambas as opções requerem não apenas custos significativos de tempo, mas também o envolvimento de pessoal treinado e recursos militares substanciais", o canal RT cita o relatório.

    A OTAN, desde 2016, aderiu à estratégia oficial de conter a Rússia. Na Polônia e nos países bálticos a Aliança implantou batalhões adicionais.

    Em dezembro de 2016, iniciou-se a transferência de tropas da Alemanha para a Polônia, durante a qual os militares dos EUA danificaram veículos blindados. No caminho do porto alemão de Bremerhaven, os carros colidiram com as pontes. As estruturas estavam abaixo do esperado, reportou o The Wall Street Journal.

    Mais:

    Finlândia desloca 2 mil soldados para exercícios militares da OTAN
    Stoltenberg: Geórgia está pronta para se juntar à OTAN
    Rússia está 'confortável' em usar armas nucleares e OTAN deve agir, diz conselho dos EUA
    Tags:
    conflito, tropas, ferrovia, OTAN, Polônia, Estônia, Lituânia, Letônia, Rússia, União Soviética, Países Bálticos, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik