03:56 10 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    18492
    Nos siga no

    Na China foram realizados testes do míssil DF-21D modernizado. Sem precisar detalhes, informa-se que o míssil virou 30% mais potente.

    Segundo acrescenta o Asia Times, o míssil poderia ter recebido o novo sistema de lançamento móvel, que permite a deslocação em estradas acidentadas.

    O DF-21D é considerado primeiro e único míssil balístico antinavio. O raio de alcance do míssil, que pode carregar ogivas estratégicas e nucleares (com potência de até 300 quilotons) é de 2.700 km. A designação do alvo se realiza por meio de radares e aparelhos dos satélites Yaogan.

    Os EUA declararam várias vezes que consideram o DF-21D uma das principais ameaças para seus porta-aviões. O míssil também pode ser usado como arma antissatélite.

    Em 2017, de acordo com dados da inteligência dos EUA, a China realizou, com caráter secreto, dois testes do novo míssil balístico DF-17, equipado com planador hipersônico.

    Mais:

    Mídia: Pentágono receia ficar fora de jogo devido a armas espaciais da Rússia e China
    General norte-americano acusa Rússia e China de desenvolverem armas espaciais
    China fornece armas e tecnologia à Coreia do Norte, diz especialista dos EUA
    Tags:
    míssil balístico, míssil, armas, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar