13:16 21 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Bombardeiros Su-24 na base aérea russa Hmeymim na Síria

    Deputado: bases militares russas devem voltar a Cuba e Vietnã

    © Sputnik / Dmitry Vinogradov
    Defesa
    URL curta
    4632

    O vice-presidente da bancada do partido russo Spravedlivaya Rossiya (Rússia Justa) na Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo), Oleg Nilov, considera que o país deve voltar a instalar bases militares em Cuba e no Vietnã.

    Na sexta-feira (7), a Duma de Estado da Rússia pode ratificar o acordo com a Síria sobre a presença permanente de militares russos no território sírio.

    "Na minha opinião, se for necessário, as bases russas devem voltar a Cuba e Vietnã. Se não querem falar conosco em linguagem diplomática, combateremos as ameaças à paz. Isso tem especialmente a ver com uma organização neofascista chamada de Daesh (proibida na Rússia) e todos os que a apoiam", disse aos jornalistas.

    A Rússia deu início às suas operações contra os terroristas na Síria em 30 de setembro do ano passado, a pedido do presidente sírio, Bashar Assad. O acordo sobre a base de Hmeymim foi assinado em Damasco em 26 de agosto de 2015, e submetido, em agosto deste ano, à apreciação dos parlamentares russos para ratificação. Se ratificado, isso permitirá que o grupo aéreo russo fique por tempo indeterminado na República Árabe da Síria.

    Além disso, segundo o vice-ministro da Defesa russo, Nikolai Pankov, o Ministério da Defesa da Rússia está a analisar a questão de reabertura de bases militares em Cuba e ao Vietnã.

    "Estamos tratando deste assunto", disse Pankov, não adiantando detalhes.

    Segundo ele, agora o Ministério da Defesa russo está revisando as decisões tomadas em relação ao fechamento das bases nestes países.

    A União Soviética possuía bases em Cuba e no Vietnã até 2002. No Vietnã, a base da Marinha russa ficava em Kamrani. Em Cuba, o país possuía um centro radioeletrônico em Lourdes.

    Mais:

    Assad: 'Oposição moderada na Síria é um mito'
    'Cessar-fogo na Síria nunca será aplicado ao Daesh', diz chanceler russo
    Rússia diz que CIA estaria por trás de vazamentos sobre ataques dos EUA contra Síria
    Sistemas russos S-300 vão ajudar a 'reduzir riscos psicológicos' na Síria
    Tags:
    base militar, segurança, Vietnã, Síria, Cuba, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik