17:50 18 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0424
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa dos EUA planeja apresentar nesta semana propostas de aumentar o seu orçamento militar em razão do crescente poderio militar da Rússia e da China, revelou o The Washington Post.

    A proposta, relativa ao ano de 2017, poderá ser apresentada, segundo o artigo, já nesta terça-feira (2), pelo chefe do Pentágono Ashton Carter. Além disso, ele deverá explicar o porquê de o rapido desenvolvimento tecnológico e militar da Rússia e da China, bem como a "intervenção russa fora de suas fronteiras", serem considerados uma ameaça maior para os EUA do que a atividade de organizações terroristas, em particular, o Daesh (Estado Islâmico).

    "… As  propostas refletem a tentativa de Carter de incluir no foco das atenções militares não apenas os conflitos rebeldes pós 2011, mas também as importantíssimas ameaças por parte da Rússia e da China. Autoridades norte-americanas chegaram a reconhecer que, por vezes, a modernização dos exércitos destes países excede a [modernização do exército] dos EUA" — escreve The Washington Post, citando funcionários americanos familiarizadas com o novo plano de gastos militares do Pentágono.

    O artigo destaca que quase a metade dos novos gastos a serem apresentados por Carter serão voltados para o combate à "crescente ameaça por parte de Moscou", já que a Rússia, na opinião das autoridades norte-americanas, demonstrou o desejo de "usar o seu poderio militar da Ucrânia até a Síria".

    Washington Post acredita que o novo plano proponha multiplicar os gastos em quatro vezes para elevar a presença militar dos EUA na Europa, pretendendo expandir a implantação de suas unidades militares na região e a ajuda aos seus aliados na criação de novas infraestruturas e preparação de quadros militares qualificados.

    Mais:

    Forças Armadas da Rússia atingem nível mais forte das últimas décadas
    China cria ramo das Forças Armadas sem análogos no mundo
    EUA não permitirão reconciliação entre Rússia e Alemanha
    Tags:
    Rússia, EUA, Washington Post, ameaça, orçamento, militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar