11:38 25 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Cultura
    URL curta
    Brasil lidando contra COVID-19 no final de janeiro de 2021 (92)
    0 65
    Nos siga no

    O cantor e compositor MC Fioti lançou neste sábado (23) o clipe de "Bum bum tam tam (remix vacina Butantan)", hit que se tornou uma espécie de hino da vacina CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo.

    As imagens do clipe foram gravadas dentro do próprio instituto no dia 15 de janeiro.

    A letra da música usada para incentivar a população brasileira a se vacinar é na verdade uma paródia do hit do MC Fioti composto em 2017 chamado de "Bum bum tam tam".

    O processo criativo do cantor para compor a batida da música também guarda uma curiosidade. MC Fioti achou um trecho da "Partita em Lá menor", escrita pelo alemão Johann Sebastian Bach por volta de 1723.

    O cantor gostou tanto da tal da "flauta envolvente" que quis que ela fizesse parte da música usando o instrumento de sopro como um dos elementos da batida.

    Em setembro de 2018, "Bum bum tam tam" se tornou o primeiro clipe brasileiro a superar um bilhão de views no YouTube.

    No entanto, após o pedido de uso emergencial da CoronaVac feito pelo Instituto Butantan, "Bum bum tam tam" voltou a viralizar nas redes sociais pelos brasileiros que pediam a aprovação do imunizante.

    Tema:
    Brasil lidando contra COVID-19 no final de janeiro de 2021 (92)

    Mais:

    Governadores combinam envio de doses extras de vacinas contra COVID-19 para o Amazonas
    Brasil registra 1.071 novos óbitos por COVID-19, diz consórcio
    Após ser internado com COVID-19, apresentador Larry King, morre aos 87 anos
    Revelada doença que torna organismo vulnerável à COVID-19
    Portugal bate recorde diário de casos e óbitos por COVID-19
    Tags:
    imunizante, imunização, imunidade, vacinação, vacina, pandemia, clipe, funk, Instituto Butantan, Vacina CoronaVac, novo coronavírus, Brasil, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar