08:26 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    2120
    Nos siga no

    Um matemático encontrou em um museu uma placa de argila usando certos triplos pitagóricos, cerca de 1.000 anos antes de Pitágoras, e descobriu que era o mais antigo exemplo conhecido de geometria aplicada.

    Pesquisadores encontraram um fragmento de placa de argila, detalhando um exemplo de geometria aplicada de 3.700 anos, em um museu de Istambul, Turquia, informou na quarta-feira (4) o portal EurekAlert.

    Si.427 é uma placa de mão de 1900-1600 a.C., criada por um antigo inspetor babilônico. É feita de argila, e o agrimensor escreveu sobre ela com um estilete
    Si.427 é uma placa de mão de 1900-1600 a.C., criada por um antigo inspetor babilônico. É feita de argila, e o agrimensor escreveu sobre ela com um estilete

    Conhecido no estudo publicado na revista Foundations of Science como Si.427, o objeto estava exposto no museu desde o final do séc. XIX e era datado de entre 1900 a.C. e 1600 a.C., relata Daniel Mansfield, matemático da Universidade de Nova Gales do Sul, Austrália.

    "É o único exemplo conhecido de um documento cadastral do período paleobabilônico, que é um plano usado pelos agrimensores para definir os limites de terrenos. Neste caso, ele nos conta detalhes legais e geométricos sobre um campo que foi dividido depois que parte dele foi vendida", detalha.

    O plano descrito no achado usa conjuntos de números conhecidos como triplos pitagóricos para obter ângulos retos precisos, ou conjuntos de números que se encaixam em modelos trigonométricos para calcular os lados de um triângulo retângulo.

    Sua importância cresce quando comparada com o significado da Plimpton 322, uma placa trigonométrica contemporânea, estudada pelo mesmo autor em 2017, que mostrava uma lista completa de triplos pitagóricos, possivelmente um pouco mais nova que a Si.427. Ela contém apenas triplos pitagóricos necessários para fazer medições retangulares do solo, tratando-se assim de um manual de planejamento criado através de uma abordagem chamada de "prototrigonometria", disse Mansfield.

    O mesmo, referiu, acontece com a Si.427, explicando que um campo estava "sendo dividido, e são definidos novos limites" com as medições dadas na placa.

    "Isto é de um período em que a terra está começando a se tornar privada: as pessoas começaram a pensar na terra em termos de 'minha terra e sua terra', querendo estabelecer um limite adequado para ter relações de vizinhança positivas. E isto é o que esta placa diz imediatamente. É um campo sendo dividido, e são definidos novos limites."

    "Ninguém esperava que os babilônios usassem triplos pitagóricos desta forma. É mais parecido com a matemática pura, inspirada pelos problemas práticos da época", comentou Daniel Mansfield. Os métodos matemáticos de Pitágoras foram consolidados pelo filósofo grego apenas no séc. VI a.C.

    Mais:

    Enigma de computador grego antigo 'máquina de Anticítera' finalmente é resolvido (FOTOS)
    Manuscritos não publicados de Newton em leilão revelam interesse pelo fim do mundo (FOTO)
    Esboço de Leonardo da Vinci de 500 anos pode ajudar a compreender nosso coração, diz estudo
    Tags:
    Austrália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar