14:21 04 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 120
    Nos siga no

    Restos humanos dentro de urnas antigas foram encontrados por crianças brincando em um parquinho com solo de areia no sudoeste da Polônia. Menino que cavava com pás de plástico diz que quer estudar para ser arqueólogo um dia.

    A descoberta sombria foi feita logo abaixo da superfície do poço na vila de Tuchola Zarska depois que os alunos da escola começaram a cavar com um balde e uma pá de brinquedo. Os especialistas acreditam que a descoberta remonta à Idade do Bronze e que vem da cultura lusaciana por volta de 1.100 a.C. a 700 a.C.

    "Enquanto cavavam em uma caixa de areia, as crianças encontraram uma ou duas grandes sepulturas de cadáveres da comunidade cultural lusaciana", contou o inspetor de arqueologia local Marcin Kosowicz disse ao The First News.

    ​Crianças encontram "tumba de cadáver" da Idade do Bronze enquanto brincavam em caixa de areia.

    Segundo a população local, há algumas décadas, durante a construção de um lago e uma cerca nas instalações vizinhas da Fazenda Agrícola Estadual, foram descobertos artefatos de bronze e vasos de cerâmica.

    Crianças encontram o túmulo da Idade do Bronze enquanto brincavam em um parquinho com caixa de areia, as descobertas datam da cultura lusaciana há cerca de 1.100 a.C. a 700 a.C. O menino que fez a descoberta diz que agora quer se tornar um arqueólogo.

    As sepulturas foram localizadas muito rasas sob a superfície do solo e da areia sobreposta e por isso algumas das partes das urnas estão fragmentadas.

    "A retirada de uma parte considerável do húmus ocorreu durante o nivelamento do terreno para a construção do campo de jogos com uso de equipamentos pesados, o que pode ter danificado as urnas", estima Kosowicz.

    Ele acrescentou que a descoberta pode estar ligada a um antigo sítio arqueológico próximo do local, que está listado no registro de proteção do patrimônio provincial.

    O nome Lusácia refere-se a uma área no leste da Alemanha e oeste da Polônia. A cultura da Lusácia existiu no final da Idade do Bronze e início da Idade do Ferro por volta de 1.300 a.C. a 500 a.C. 

    O gabinete de proteção do património de Lubusz informou que serão efetuadas escavações arqueológicas de salvamento no local da descoberta com o objetivo de proteger os monumentos que foram deixados para trás.

    Mais:

    Mais de 100 tumbas com corpos curvados sobre si mesmos são encontradas em Guadalupe (FOTOS)
    Lança da Idade do Bronze encontrada em ótimo estado de preservação no Reino Unido (FOTOS, VÍDEO)
    Objeto de ouro da Idade do Bronze é encontrado em tumba de mulher na Alemanha (FOTOS)
    Tags:
    Polônia, brincadeira, areia, tumbas, Idade de Bronze, arqueologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar