01:33 24 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    O animal, que viveu há mais de 90 milhões de anos, tinha cerca de 30 metros de comprimento e 6,5 metros de altura.

    Após 15 anos de pesquisa, os especialistas do Museu de Queensland e do Museu de História Natural de Eromanga, na Austrália, confirmaram que os ossos encontrados pertenciam a um dos maiores dinossauros já conhecidos.

    O paleontólogo Scott Hocknull detalhou que os restos encontrados em 2006 são do Australotitan cooperensis, que viveu durante o período Cretáceo, entre 92 e 96 milhões de anos atrás.

    • Dr. Scott Hocknull e Robyn Mackenzie posam com uma reconstrução 3D e o úmero do dinossauro encontrado em Queenslad, Austrália
      Dr. Scott Hocknull e Robyn Mackenzie posam com uma reconstrução 3D e o úmero do dinossauro encontrado em Queenslad, Austrália
      © REUTERS / Museu de História Natural de Eromanga
    • Dr. Scott Hocknull posa com uma reconstrução 3D e o úmero do dinossauro descoberto em Queensland, Austrália
      Dr. Scott Hocknull posa com uma reconstrução 3D e o úmero do dinossauro descoberto em Queensland, Austrália
      © REUTERS / Museu de História Natural de Eromanga
    1 / 2
    © REUTERS / Museu de História Natural de Eromanga
    Dr. Scott Hocknull e Robyn Mackenzie posam com uma reconstrução 3D e o úmero do dinossauro encontrado em Queenslad, Austrália

    Calcula-se que a espécie tivesse entre 5 e 6,5 metros de altura e alcançasse de 25 a 30 metros de comprimento, sendo um dos maiores da história.

    "Não é o maior do mundo, porém, sem dúvida, está entre os primeiros 10", expressou Scott Hocknull.

    ​Nova espécie de dinossauro foi descoberta.

    Relativamente ao peso do animal, não há dados precisos, embora o especialista estime que a espécie pudesse ter entre 50 e 70 toneladas.

    De acordo com o paleontólogo, os especialistas "compararam seus ossos com os de outras espécies de Queensland" e do resto do mundo para assegurar que se tratava de uma espécie diferente.

    A equipe utilizou uma nova tecnologia digital, realizando o escaneamento 3D dos ossos, para poder compará-los com os restos de outros dinossauros.

    Os ossos do dinossauro foram descobertos em 2006 pela paleontóloga Robyn Mackenzie e seu marido em sua propriedade de Eromanga, no sudoeste de Queensland, e segundo a especialista, os restos não davam a ideia do tamanho do animal.

    Mais:

    Arqueólogos descobrem flecha no local do famoso duelo bíblico entre Davi e Golias (FOTOS)
    Arqueólogos acham capela medieval debaixo de igreja barroca em Malta (FOTOS)
    Vala comum? Cidade síria pode ser dona de raridade arqueológica e nem ter desconfiado (FOTOS)
    Tags:
    Austrália, arqueólogos, arqueólogo, arqueologia, descoberta, fóssil, dinossauro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar