06:01 14 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 60
    Nos siga no

    Museu Arqueológico de Istambul descobriu durante escavações no centro da cidade túmulos que datam entre 3.500 e 3.000 a.C. em uma área onde será construída uma estação de metrô.

    A fim de abrigar os artefatos achados das intempéries, sobre o sítio foi colocada uma lona e instaladas estruturas de proteção para não interromper as escavações, informa Hurriyet Daily News.

    Anteriormente no local tinham sido achados objetos dos períodos bizantino, helenístico, romano e do Império Otomano. No entanto, os achados mais notáveis para os arqueólogos foram encontrados a uma profundidade de um metro e meio. Nesta seção revelou-se a existência de sepulturas sob as fileiras de pedra.

    De acordo com Mehmet Ali Polat, arqueólogo envolvido nas escavações, está sendo conduzido um trabalho muito delicado e todos os túmulos são abertos e documentados.

    "As sepulturas do tipo kurgan [montículo de terra e pedra construído sobre uma ou várias tumbas] encontradas remontam a 3.500 a.C., ou seja, pertencem à era a que chamamos em cronologia o primeiro período do bronze", disse Polat, acrescentando que quase 82 sepulturas tinham sido encontradas dentro e fora dos kurgans em fileiras de pedra.

    "Um total de 75 desses 82 túmulos são de cremação, ou seja, corpos foram queimados e enterrados. Sete deles eram sepultamentos diretos", explicou.

    Arqueólogo disse que dentro de um túmulo foram encontradas duas figuras de terracota, ressaltando que tais objetos nunca tinham sido encontrados antes.

    Mais:

    Arena de gladiadores da era romana é descoberta na Turquia (FOTOS)
    Arqueólogos descobrem restos de 9 neandertais em caverna perto de Roma (FOTOS, VÍDEO)
    Centro de produção de ferro do 1º Império Persa é encontrado no Irã
    Tags:
    Istambul, civilizações antigas, arqueólogo, Turquia, sítio arqueológico, escavação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar