01:29 07 Março 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1280
    Nos siga no

    Uma equipe de arqueólogos, liderada pelo egiptólogo Zahi Hawass, encontrou um templo funerário, centenas de sarcófagos de 3.000 anos e um papiro com textos do Livro dos Mortos, bem como outros artefatos.

    Neste sábado (16), as autoridades do Egito anunciaram uma série de "grandes descobertas" em Saqqara, antiga necrópole de Mênfis, localizada a aproximadamente 30 quilômetros ao sul do Cairo, informa a agência de notícias AFP, citando o Ministério do Turismo e Antiguidades do país.

    Os arqueólogos encontraram o "templo funerário da rainha Naert, esposa do rei Teti", primeiro faraó da 6ª dinastia do Império Antigo do Egito, que governou entre os anos 2322 e 2313 a.C., detalhou o egiptólogo Zahi Hawass.

    No lado sudeste do templo foram descobertos três depósitos feitos de tijolos, construídos para guardar provisões, oferendas e ferramentas utilizadas no túmulo da rainha.

    Além disso, a equipe encontrou sarcófagos de madeira, datados da era do Novo Reino, encontrados em 52 poços a profundidades de entre dez e 12 metros, comunicou o ministério.

    "Esta é a primeira vez que sarcófagos de 3.000 anos foram encontrados na região de Saqqara", ressalta.

    Entre as peças encontradas, há também um papiro de quatro metros de comprimento contendo textos do capítulo 17 do Livro dos Mortos, que "ajudava o defunto a fazer a viagem para o outro mundo".

    A descoberta confirma a existência de muitas oficinas que produziam sarcófagos, comprados por moradores locais da época, bem como de oficinas de mumificação.

    "Estas descobertas reescreverão a história desta região, especialmente a das 17ª e 19ª dinastias do Novo Império, durante as quais o faraó Teti era idolatrado, e os cidadãos daquela época eram enterrados em torno de sua pirâmide", indica o comunicado.

    Mais:

    Fortaleza militar de 2.600 anos é descoberta no Egito (FOTOS)
    Dezenas de múmias são descobertas em antiga tumba no Egito (FOTOS)
    Múmias de 2 mil anos são descobertas no Egito junto à pirâmide mais antiga do mundo (Foto)
    Tags:
    arqueólogos, arqueólogo, arqueologia, sepulturas, descoberta, sarcófago, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar