21:17 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 42
    Nos siga no

    Com fragmentos rochosos do asteroide Bennu bem guardados, a nave espacial da NASA Osiris-Rex deu início à sua viagem de regresso à Terra nesta segunda-feira (10).

    A viagem do "garimpeiro espacial" Osiris-Rex em direção ao nosso planeta deve levar aproximadamente dois anos.

    Dante Lauretta, cientista da Universidade do Arizona (EUA), estima que a nave espacial tenha coletado entre 200 e 400 gramas de amostras, na sua maioria pequenas. De qualquer forma, foi excedida a meta de 60 gramas, escreve The Guardian.

    "Habituámo-nos a estar em Bennu e a ver dados e novas imagens impressionantes chegarem até nós aqui, na Terra", afirmou.

    A Osiris-Rex já se encontrava a 300 km de Bennu quando acionou seus motores principais na segunda-feira para se afastar do corpo celeste.

    Através da análise de partículas de rochas e poeira de Bennu, a NASA espera obter uma compreensão mais profunda de como o Sistema Solar se formou há cerca 4,5 bilhões de anos e de como evitar colisões de asteroides com a Terra.

    A sonda foi lançada no espaço em setembro de 2016 e, tendo voado cerca de 321 milhões de quilômetros, chegou próximo do corpo celeste em dezembro de 2018.

    A nave robótica permanecia em órbita mapeando o asteroide e, em outubro de 2020, tocou a superfície do corpo celeste, recolhendo partículas de poeira e rochas.

    Mais:

    Estudo sugere que queda de asteroide que extinguiu dinossauros criou a floresta Amazônica de hoje
    Cientistas dos EUA consideram usar explosões nucleares para proteger Terra de asteroides
    China pretende iniciar pesquisa sobre como desviar asteroides que se dirigem à Terra, diz mídia
    Tags:
    missão espacial, nave espacial, NASA, Bennu, asteroide
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar