12:24 15 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 09
    Nos siga no

    Todas as mensagens enviadas pelo aplicativo WhatsApp estão protegidas por criptografia de ponta a ponta, o que não dá chance ao aplicativo ou ao seu gerente, Facebook, de vê-las, segundo chefe do WhatsApp, Will Cathcart.

    Eu quero compartilhar como todos que o WhatsApp se compromete em fornecer comunicação privada para dois bilhões de pessoas em todo o mundo. Em nossa essência, essa é a capacidade de enviar mensagens ou ligar para entes queridos protegidos por criptografia de ponta a ponta, e isso não vai mudar.

    Com a criptografia de ponta a ponta, não podemos ver seus chats ou chamadas privados, e nem o Facebook pode. Estamos comprometidos com esta tecnologia e comprometidos em defendê-la globalmente. Você pode ler mais aqui: https://whatsapp.com/security/

    Além disso, o WhatsApp enfatizou que "a atualização da política de privacidade não afeta a privacidade das mensagens entre amigos e família através do aplicativo".

    Queremos abordar alguns rumores e ser 100% claros, continuamos protegendo suas mensagens privadas com criptografia de ponta a ponta.

    A atualização da política de privacidade não afeta a privacidade das mensagens entre amigos e família. Saiba mais sobre como protegemos sua privacidade, bem como o que NÃO compartilhamos com o Facebook. Vocês podem ler mais aqui: https://t.co/VzAnxFR7NQ?amp=1

    Estas declarações chegam após os responsáveis pelo WhatsApp terem mudado política de privacidade, acrescentando uma cláusula sobre a transferência de dados pessoais para o Facebook.

    O texto do acordo diz que o WhatsApp, como parte do Facebook, vai compartilhar informações sobre os usuários com a corporação para analisar seus hábitos e preferências.

    Mais:

    Zuckerberg: contas de Trump no Facebook e Instagram permanecerão bloqueadas
    'Te conheço?': Netanyahu remove Trump da capa da sua conta no Twitter
    Ações do Twitter despencam após suspensão da conta de Donald Trump
    Tags:
    usuários, política de privacidade, ligação, Facebook, WhatsApp
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar