10:09 17 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 110
    Nos siga no

    Os restos bem preservados do animal, que pertencente a uma espécie extinta, foram encontrados no Extremo Oriente da Rússia.

    Cientistas russos encontraram os restos bem preservados de um rinoceronte-lanudo, que provavelmente vagou pelo interior da Sibéria há mais de 12.000 anos, reporta a agência Reuters nesta quarta-feira (30).

    Outra fera extinta da era do gelo exumada do pergelissolo. Carcaça excepcionalmente bem preservada de um rinoceronte-lanudo jovem foi descoberta em Yakutsk. Fotos de Valery Plotnikov

    O rinoceronte foi encontrado em um rio em agosto. Graças à camada de solo permanentemente congelada, conhecida como pergelissolo, o animal estava completo, com todos os membros, alguns de seus órgãos, sua presa, o que é uma raridade para tais achados, e até mesmo sua lã, comemorou Valery Plotnikov, cientista envolvido na descoberta citado pela mídia.

    No momento, o sexo do espécime é desconhecido e acredita-se que tenha vivido na Idade do Gelo. A besta parecia usar sua presa para coletar comida, a julgar pelas marcas de erosão encontradas nela, disse o cientista.

    Os cientistas estimam que o rinoceronte tinha entre três e quatro anos quando morreu. Os investigadores não acreditam que o animal tenha morrido de fome, uma vez que era um espécime robusta, por isso levantam a hipótese de que teria morrido após cair em um barranco ou em um pântano. A sua lã, bastante espessa e monocromática, também se encontra em bom estado.

    Descobertas semelhantes na vasta região da siberiana estão acontecendo com regularidade crescente, já que as mudanças climáticas, que estão esquentando o Ártico em um ritmo mais rápido do que o resto do mundo, derretem o solo em algumas áreas há muito bloqueadas pelo pergelissolo.

    Mais:

    Fósseis de mais de 400 mil anos de maior urso do mundo são encontrados na Argentina (FOTOS)
    'Grande raridade': fósseis de dinossauros da Irlanda do Norte impressionam cientistas (FOTOS)
    Origens da evolução dos dentes são reveladas por fósseis de peixes de 422 milhões de anos (FOTO)
    Fósseis de píton mais antigo do mundo são desenterrados (FOTOS)
    Tags:
    presa, fóssil, rinoceronte, Sibéria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar