22:34 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 61
    Nos siga no

    Apesar de humanos não terem hoje capacidade conhecida de tirar uma longa soneca, uma equipe antropológica realizou pesquisa preliminar em que afirma que ela podia existir há muito tempo.

    Um estudo publicado na revista L'Anthropologie, baseado em escavações realizadas em uma caverna chamada Sima de los Huesos em Atapuerca, norte da Espanha, sugere que nossos ancestrais poderiam ter hibernado para sobreviver a invernos rigorosos.

    A teoria procede de fósseis de 400 mil anos descobertos em cavernas espanholas, com cientistas observando que os restos de humanos de espécie desconhecida enterrados ali mostravam rastros de doenças que poderiam ter sido causadas por "hibernação mal tolerada em hibernáculo de caverna escuro".

    "A hipótese de hibernação é consistente com a evidência genética e o fato de que os hominídeos de Sima de los Huesos viveram durante uma era glacial", disseram Antonis Bartsiokas e Juan-Luis Arsuaga, autores do estudo, no abstrato.

    Segundo os pesquisadores, entre as doenças sofridas pelos humanos estavam a trabécula óssea, neurofibromatose, sinais de ossos "podres", tumores marrons, osso novo periósteo, osteoplaquetas raquíticas e fendas vazias entre elas, rosário raquítico e muitas outras.

    De acordo com a pesquisa preliminar, com o início dos invernos rigorosos, os primeiros hominídeos se encontraram "em estados metabólicos que os ajudaram a sobreviver por longos períodos de tempo em condições frígidas, com um suprimento limitado de alimentos e reservas suficientes de gordura corporal".

    Apesar de certo ceticismo em relação às suas descobertas, com Bartsiokas e Arsuaga admitindo que o estudo pode soar como "ficção científica", eles ressaltam que hibernação é comum em muitos mamíferos.

    "É um argumento muito interessante, e certamente estimulará o debate", disse o antropólogo forense Patrick Randolph-Quinney da Universidade de Northumbria em Newcastle, Reino Unido, citado pelo jornal The Guardian.

    "No entanto, existem outras explicações para as variações observadas nos ossos encontrados em Sima, e estas têm que ser abordadas completamente antes que possamos chegar a qualquer conclusão realista. Isso ainda não foi feito, creio eu."

    Hibernação em mamíferos

    Entre os animais que hibernam no inverno estão ursos, abelhas, ouriços, esquilos terrestres, tartarugas, lémures-de-cauda-anelada, morcegos e muitos outros.

    Em junho de 2020, dois estudos realizados independentemente revelaram um "neurônio de hibernação" em ratos, cuja semelhança genética aos humanos oferece a possibilidade de poder induzir esse estado em pessoas no futuro.

    Mais:

    Estudo descobre que vertebrado na Antártica hibernava há 250 milhões de anos (FOTO)
    Repouso de 21.000 anos: desvendados detalhes da morte de mamute achado na Sibéria (VÍDEO)
    Confira lugar mais inesperado para hibernação de serpente intrusa (VÍDEO)
    Tags:
    Newcastle, Reino Unido, The Guardian
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar