00:12 01 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1100
    Nos siga no

    Arqueólogos submarinos examinaram detalhadamente as ruínas de cidade antiga submersa, encontrada perto da costa da Bulgária, e revelaram que foi fundada por volta de seis mil anos atrás.

    Primeiros traços arqueológicos da cidade pré-histórica na costa do mar Negro, na foz do rio Ropotamo no sudeste da Bulgária, foram encontrados nos anos 1970.

    No entanto, apenas nos últimos anos o grupo internacional de arqueólogos do projeto Black Sea MAP examinou o lugar e encontrou a cidade pré-histórica, de acordo com portal Archaeology in Bulgaria.

    Primeiras pesquisas mostraram que a cidade tinha cinco mil anos, mas, segundo dados deste ano, a cidade submersa tem por volta de seis mil anos.

    "Neste ano, encontramos materiais da Idade do Cobre na cidade que, no momento de existência, esteve completamente na superfície", comentou arqueólogo Kalin Dimitrov. "Entendemos isso porque estes objetos foram encontrados em uma camada típica para superfície."

    Isso significa que há seis mil anos o nível do mar Negro era cinco metros inferiores ao de agora, de acordo com pesquisadores. Análise também mostrou que a cidade fundada no período Neolítico passou muito povoada, com população até a Idade do Bronze.

    ​Cidade pré-histórica submersa de 6.000 anos revela que o nível do mar Negro era cinco metros inferior há 5.000 anos.

    Havia um porto na zona até o século VI a.C., no período da Civilização Fenícia e colônias gregas na costa atual da Bulgária no mar Negro, segundo arqueólogos.

    Naquela época, começou a subir as águas do mar Negro, sendo a elevação das águas demonstrada por restos de estacas de madeira usadas na construção de habitações. Provavelmente, não queriam abandonar a cidade e passaram a viver em casas acima da água. A elevação do nível das águas deve ter acontecido bem rápido naquela época.

    "Se olharmos atentamente para os materiais, provenientes de diferentes períodos, é fácil perceber os períodos de prosperidade, crescimento e riqueza desta região, bem como os períodos de crise, dos quais quase não restaram matérias", afirmou Kalin Dimitrov.

    Cidade pré-histórica submersa de 6.000 anos revela que o nível do mar Negro era cinco metros inferior.

    Os pesquisadores consideram que o porto encontrado era um tipo de portas para o vale do rio Ropotamo, que naquela época era uma região fértil e rica. Ainda não foi determinado que cidade era. Há uma teoria de que este porto antigo era localizado no território controlado pela colônia grega antiga Apollonia Pontica, que hoje é a cidade búlgara de Sozopol.

    Mais:

    Túmulo de mulher da Era Viking impressiona arqueólogos (FOTOS)
    Buraco negro muito raro de quase 12 bilhões de anos é encontrado por cientistas
    Nova importante evidência de famoso túmulo viking é descoberta na Dinamarca
    Arqueólogos finalmente 'desbravam' interior de múmias egípcias encontradas em 1615 (FOTOS)
    Tags:
    cidade, arqueologia, Mar Negro, Bulgária
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar