05:51 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    COVID-19 no mundo em meados de setembro (32)
    5464
    Nos siga no

    Cientistas de uma universidade americana descobriram uma pequena molécula anticorpo altamente eficaz na prevenção e tratamento da COVID-19.

    O achado foi feito por cientistas da Universidade de Pittsburgh, EUA, quando analisavam 100 bilhões de moléculas capazes de se conectar com a proteína S do coronavírus, a qual possibilita a infecção do organismo.

    Como resultado, os cientistas isolaram a menor molécula biológica até hoje que neutraliza completa e especificamente o vírus SARS-CoV-2.

    Esta molécula de anticorpo é dez vezes menor que um anticorpo de tamanho completo. Uma vez se fundindo com parte da imunoglobulina (um tipo de anticorpo encontrado no sangue), permite criar um medicamento conhecido como Ab8, que pode ser usado para tratar a doença, conforme estudo publicado na revista científica Cell.

    Os experimentos seguintes mostraram que até pequenas doses de Ab8 reduziram a concentração de vírus em animais de laboratório infectados.

    Segundo os pesquisadores, o pequeno tamanho da molécula aumenta sua capacidade de difusão nos tecidos para melhor neutralizar o vírus, permitindo ainda a administração do medicamento por inalação.

    Por outro lado, a molécula não se conecta com as células humanas, o que permite minimizar os efeitos colaterais negativos.

    Tema:
    COVID-19 no mundo em meados de setembro (32)

    Mais:

    Pelo menos 55 mil pessoas se voluntariam a tomar vacina russa Sputnik V em Moscou
    COVID-19: especialista destaca tendência de queda e superação do pico da doença no Brasil
    Luiz Fux testa positivo para COVID-19
    Tags:
    proteínas, COVID-19, doença, pandemia, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar