15:09 20 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 262
    Nos siga no

    Entre outras descobertas, as escavações arqueológicas no Egito levaram à descoberta de equipamentos militares romanos antigos.

    A dra. Kathleen Martínez, arqueóloga que "dedicou sua vida" à descoberta do elusivo túmulo da lendária Cleópatra, acabou encontrando sem querer um achado desconcertante, escreve o jornal Daily Express.

    Martínez supôs que o lugar de descanso final da última governante do Reino Ptolemaico está provavelmente localizado em um antigo templo a cerca de 48 quilômetros de Alexandria, o Taposiris Magna.

    A arqueóloga então fez uma série de descobertas nessa área que parecem apoiar sua teoria, como a de "200 moedas reais retratando o rosto da rainha e os restos mortais de duas múmias egípcias de alto estatuto", diz o jornal citando o documentário da emissora britânica Channel 5, "A Caça ao Túmulo de Cleópatra" ("The Hunt for Cleopatra's Tomb").

    Restos humanos não mumificados

    No entanto, depois que Martínez descobriu que o monumento "está cercado por túmulos dos membros mais ricos da sociedade", o egiptólogo e o apresentador do documentário, Dr. Glenn Godenho, afirmou "nunca tinha visto nada parecido": um sarcófago de pedra, enterrado sob uma estrada, que levava ao "túmulo do farol" localizado dentro da área, e que continha restos humanos não mumificados.

    "Nunca vi nada parecido! Arqueóloga surpreendida com a incrível descoberta no Egito
    Arqueólogos no Egito fizeram uma descoberta incrível na caça a Cleópatra, mas, por enquanto, ela está levantando mais perguntas do que respostas, já que uma (arqueóloga) afirmou que "nunca tinha visto nada parecido".

    "Restos humanos, possivelmente agindo como guardiões de um túmulo, parece ser [algo] único. O chão é feito de calcário e os egípcios esculpiram caixões de múmia no próprio calcário", garante Godenho.

    "Eles não parecem ser mumificados. Apenas restos esqueléticos permanecem lá agora, e poderia haver mais para ser descoberto. É algo que não vemos em nenhum outro lugar no Egito, então as perguntas são: quem são essas pessoas, como se relacionam com os donos do túmulo, e como possivelmente se relacionam com a própria Cleópatra?".

    Embora Kathleen Martínez tenha concentrado sua atenção no "monumento do farol", ela também encontrou "vários equipamentos militares romanos" durante sua busca, descrevendo a descoberta como "a primeira de seu tipo".

    "Este é um kit militar romano, e é o primeiro encontrado em Taposiris Magna. Trata-se de outro elo crucial d a dinastia ptolemaica", comentou Godenho.

    Mais:

    Rajada de vento revela múmia de 2.000 anos no Egito
    Templo perdido de Faraó é descoberto nas margens do Nilo (FOTOS)
    No Egito, arqueólogos descobrem 'túmulos misteriosos' da era de Cleópatra (FOTOS)
    Tags:
    Alexandria, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar