03:03 30 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    2150
    Nos siga no

    Imagens de satélite da NASA mostram como camadas de gelo na baía de St. Patrick, na porção canadense do Ártico, derreteram como previsto em estudo publicado em 2017.

    Ainda em 2017, os cientistas do Centro Nacional de Dados da Neve e do Gelo dos EUA (NSIDC, na sigla em inglês) predisseram que as camadas sumiriam por completo nos próximos cinco anos.

    O estudo, que foi publicado na revista científica The Cryosphere, também levou em consideração a formação gelada ainda em 1959, tendo em conta fotos tiradas naquele ano.

    Imagem mostra derretimento de duas camadas de gelo na baía de Saint Patrick na plataforma de Hazen, no noroeste da ilha Ellesmere em Nunavut, Canadá
    Imagem mostra derretimento de duas camadas de gelo na baía de Saint Patrick na plataforma de Hazen, no noroeste da ilha Ellesmere em Nunavut, Canadá

    Comparando-as com imagens de 2015, os cientistas descobriram que as camadas de gelo se reduziram a somente cinco por cento de sua área anterior entre 1959 e 2015.

    Contudo, o verão quente de 2015 foi responsável por considerável redução das camadas.

    Imagem mostra derretimento de duas camadas de gelo na baía de Saint Patrick na plataforma de Hazen, no noroeste da ilha Ellesmere em Nunavut, Canadá
    Imagem mostra derretimento de duas camadas de gelo na baía de Saint Patrick na plataforma de Hazen, no noroeste da ilha Ellesmere em Nunavut, Canadá

    Ainda em 1982, o diretor do NSIDC e professor de Geografia da Universidade do Colorado, nos EUA, Mark Serreze, visitou o local, tendo agora lamentado o destino das camadas.

    "Quando visitei essas camadas de gelo pela primeira vez, pareciam um elemento permanente da paisagem. Vê-las morrer em menos de 40 anos me deixa sem palavras", publicou o NSDIC citando Serreze.

    Ainda segundo o especialista, o derretimento das camadas é prova da realidade das mudanças climáticas.

    "A mudança climática é muito, muito real, e como sempre se previu, o Ártico está liderando o caminho", afirmou Serreze à revista Discover.

    Mais:

    Cientista explica misteriosas anomalias encontradas em gelo antártico
    Revelada espécie do maior ovo fossilizado da era dos dinossauros encontrado na Antártica (FOTO)
    Mistério de sinais de rádio da Antártica é desvendado por pesquisadores
    Tags:
    Canadá, degelo, gelo, aquecimento global, Ártico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar