23:28 13 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    182
    Nos siga no

    Astrônomos registraram colisão de um asteroide com a superfície da Lua. Trata-se da 100ª detecção de impactos produzidos por asteroides no satélite natural da Terra.

    O projeto NELIOTA, lançado em 2017, é de responsabilidade da Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) e tem como objetivo observar nosso satélite natural.

    Os resultados das observações estão disponíveis no site da Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês). A colisão do asteroide, que aparece na imagem como uma bola de fogo incandescente, foi registrada pela missão do projeto NELIOTA, escreve portal Space Daily.

    ​No centro do lado direito deste GIF, um asteroide colide com a Lua, criando um "clarão lunar". Este é o 100º impacto lunar detectado pelo projeto NELIOTA, e detectado também por outro telescópio.

    O clarão foi captado pela câmera instalada a bordo do orbitador Impactos Lunares e Transeuntes Óticos, usado por astrônomos para monitorar os clarões dos impactos de objetos celestes no lado oculto da Lua, onde é mais conveniente realizar tais observações por não receber iluminação do Sol.

    ​Com a ajuda de um telescópio de 35 cm, a equipe do Observatório de Impacto Lunar de Sharjah detectou um clarão em 1º de março de 2020, que foi posteriormente confirmado que o clarão foi do mesmo evento da 100ª detecção do NELIOTA.

    Este impacto foi o centésimo desde o início da missão de observações. Além disso, trata-se da primeira vez em que uma colisão de asteroide é registrada por dois telescópios diferentes.

    A observação decorreu ainda no mês passado. De acordo com astrônomos, o impacto não foi muito grande, tendo o asteroide cerca de 100 gramas e diâmetro de aproximadamente cinco centímetros. Asteroides semelhantes frequentemente atingem a Terra, mas passam despercebidos devido às suas dimensões pequenas.

    Mais:

    'Acesso dos países aos recursos da Lua será estratégico', afirma especialista
    NASA planeja transformar cratera do lado oculto da Lua em radiotelescópio gigante (FOTO)
    Mineração espacial: Trump decreta que EUA têm direito a explorar recursos na Lua
    Tags:
    impacto, meteorito, asteroide, Terra, corpo celeste, astronomia, Espaço, Lua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar